MECANISMOS DE EVOLUÇÃO (REENCARNAÇÃO E RELIGIÃO)

Religiosamente, a estrutura reencarnacionista destrói o vingador divino na sua feição antropomórfica, pouco veraz das antigas lendas religiosas, que afearam,

Religiosamente, a estrutura reencarnacionista destrói o vingador divino na sua feição antropomórfica, pouco veraz das antigas lendas religiosas, que afearam, apequenaram o Absoluto, que se humanizava, periodicamente, para misteres subalternos e inferiores.

A Justiça adquire comportamento novo e o Amor sobrepõe-se aos míseros, insignificantes erros que o homem comete, mais por ignorância e doença, do que por maldade.

São transferidas para a consciência individual as punições e recompensas dos atos cometidos, transladando=se de localização as regiões célicas e infernais…

Cada Espírito conduz as penas e consolações de que necessita, unindo-se com outros afins, em cujos grupos extremunham-se, infelicitam-se ou rejubilam-se, qual ocorre na Terra.

Originado de um Mundo parafísico, a ele retornará, em definitivo, cessadas as contingências do processo evolutivo pela carne.

Nesse contexto dignificante, não param o intercâmbio das afeições nem dos desafetos – até quando estes últimos se modificam -, a interferência benéfica a favor dos transeuntes da retaguarda, ajuda libertadora propiciada pelos Benfeitores que promovem a avalizam os renascimentos, enfim, anjos e demônios que todos o somos em potencial, desatrelamos os valores e alcançamos a elevação psíquica que nos tornará querubins.

Esse suceder de existências religa a criatura ao seu Criador, que passa a amar, ao compreender lhe a excelsitude e entender-Lhe a paternidade.

Humildece-se o Espírito; descobre=se na sua realidade, porém sabe quais os meios de engrandecer-se, de sublimar-se, e os busca. No Evangelho de Jesus, conforme o lecionou e viveu, encontra os tesouros que lhe facultam lograr as metas, adotando-o como tratado ético e metodologia religiosa de que necessita para atingir os fins que persegue.

A oração fascina-o… A caridade arrebata-o… As antigas virtudes teologais adquirem uma dinâmica importante, impregnando o homem de ações produtivas, que o nobilitam; A fé racional concede-lhe a Esperança de plenitude e a Caridade condu-lo ao grande destino.

Em consequência, advêm-lhe: a paciência, que o ajuda a aguardar os resultados das empresas evangélicas; a humildade, que o desnuda dos atavios enganosos com que veste a existência física, portanto, desnecessários; o perdão, que o torna tranquilo ante ofensas e ofensores; a benevolência para com os outros, porque reconhece necessitá-la; a indulgência diante das alheias faltas, já que não marcha indene e erro; a piedade, que é fator de importância, na vivência do amor. Em suma: tornasse um cristão autêntico, um espírita perfeito.

Integrando-se na religiosidade que dispensa atributos externos, cultos, ritos, cerimoniais e pastores hierárquicos, adora a Deus em espírito e verdade, tornando-se um mensageiro vivo da Era Nova…

Do Livro: ROTEIRO DE LIBERTAÇÃO. Diversos Espíritos. Antônio J. Freire (Espírito). Psicografia de Divaldo Pereira Franco.  CAPEMI Editora e Gráfica Ltda. 1ª ed. Rio de Janeiro – RJ. 1981. p.9