O morro dos ventos uivantes (com spoiler)

Emily Jane Brontë (1818-1848) foi uma escritora e poetisa britânica. Quinta filha de Patrick Brontë, pastor da Igreja Anglicana, tinha

Emily Jane Brontë (1818-1848) foi uma escritora e poetisa britânica. Quinta filha de Patrick Brontë, pastor da Igreja Anglicana, tinha como irmãs Maria e Elizabeth (que faleceram devido à febre tifóide), Charlotte e Anne. Seu único irmão, Patrick Branwell, foi estimulado a desenvolver seus talentos artísticos na pintura. É dele a única pintura que retrata Emily Brontë e suas irmãs Anne e Charlotte. Nesta pintura sobre tela, Branwell também aparecia, porém, dela removeu sua imagem. O irmão de Emily sofria perturbações psicológicas e, acabou por se entregar ao alcoolismo, frustrando as expectativas do pai que desejava vê-lo na Academia de Belas Artes. Charlotte, Emily e Anne escreveram e publicaram romances numa sociedade vitoriana que considerava que a carreira literária era algo destinado aos homens. As irmãs Brontë, a contragosto, tiveram que utilizar pseudônimos masculinos, dessa forma, a publicação original de O Morro dos Ventos Uivantes teve em sua capa o nome de Ellis Bell na autoria. As três irmãs publicaram seus livros utilizando o mesmo sobrenome (Bell).

                Emily, devido à tuberculose, teve sua vida ceifada precocemente (30 anos de idade), porém, isso não a impediu de ter seu único romance publicado incluído na lista dos maiores clássicos da literatura mundial. O livro vendeu relativamente bem desde sua primeira edição, porém, com o passar do tempo suas vendas aumentaram progressivamente. A obra causou grande polêmica na sociedade inglesa, pois, mostrava personagens cujas personalidades eram dúbias, ora gentis, ora perversos. Não foram poucas as vozes a sugerir que todos os exemplares do livro deveriam ser incinerados. Talvez isso se deva ao fato de que a autora, por meio das personagens que criou em sua obra, desmistificou a hipocrisia da sociedade inglesa, ao mostrar que vistos de perto, ninguém ou quase ninguém, tem um espírito realmente bondoso e desinteressado. É ainda mais interessante observar que Emily era reclusa e muito tímida, pouco afeita a dialogar com as pessoas, porém, era autodidata e muito observadora, sendo capaz de traçar um perfil do caráter das pessoas que conhecia e de ler as entrelinhas das suas falas.

O romance O Morro dos Ventos Uivantes teve várias adaptações para o cinema e para a TV. O autor destas linhas assistiu a adaptação televisiva de 2009, que, embora razoável, com poucas alterações em relação a trama original, peca na escolha de um ator branco para a personagem principal (Heathcliff) que não condiz com a descrição feita pela autora (pele morena, aparência de cigano). A trama é contada por dois narradores, o inquilino Lockwood da Granja de Thrushcross e a governanta Nelly Dean. Lockwood resolve visitar Heathcliff, que lhe alugou o imóvel e que mora na propriedade vizinha conhecida como o Morro dos Ventos Uivantes. Pretende com tal ato estabelecer relações de amizade, porém, observa que as pessoas da casa são esquisitas e embrutecidas. Uma forte nevasca ocorre e o obriga a ficar na casa, para o desprazer dos seus anfitriões. No dia seguinte, após uma noite mal dormida, Lockwood retorna à casa da granja e começa a questionar a governanta Nelly sobre os estranhos sujeitos da casa do Morro dos Ventos Uivantes. Ela lhe conta que aquela propriedade originalmente era do Casal Earnshaw que tinha como filhos Hindley e Catherine. O Sr. Earnshaw ao voltar de uma viagem trouxe um garoto que vagava pelas ruas sem ter ninguém por ele e resolveu adotá-lo. Deu ao garoto o nome de Heathcliff. O irmão adotivo nunca o aceitou e passou a importuná-lo de todas as formas humilhando-o. Porém, sua irmã Catherine se identificou com ele e tornaram-se excelentes companheiros de travessuras. Quando os irmãos entram na juventude, o Sr. Earnshaw morre, e, Heathcliff perde o seu protetor.

A propriedade passa a ser administrada pelo filho Hindley que passa a tratar o irmão adotivo como um serviçal. Hindley casado com Frances tem um filho chamado Hareton. Catherine e Heathcliff se descobrem apaixonados e ele planeja inúmeras vezes a fuga do casal, porém, ela apesar de amá-lo, tem o sonho de um casamento que lhe faça rica e Heathcliff nada possui, além de que não vê nele o marido que idealiza. Na propriedade vizinha, a Granja Thrushcross mora a rica família Linton. Ao espionar a casa, Catherine é mordida pelo cão de guarda e é atendida por Edgar Linton. Algum tempo depois, Edgar lhe pede em casamento e Catherine pede tempo para pensar. Ao saber disso, Heathcliff fica indignado e vai embora do Morro dos Ventos Uivantes. Algum tempo depois, Heathcliff transformado, retorna com o firme propósito de se vingar de todos que o maltrataram e reaver seu amor, porém, encontra Catherine casada com Edgar Linton, algo com que ele não se conforma.

A volta de Heathcliff mexe com os sentimentos de Catherine que jamais deixou de amá-lo. Heathcliff adquire a propriedade do Morro dos Ventos Uivantes e, se vinga humilhando Hindley e seu filho Hareton de igual forma como fora no passado. Ao perceber que Isabella, irmã de Edgar Linton está por ele apaixonada, convence-a a fugir com ele. Não a ama, mas, deseja ferir Edgar e Catherine, e, se possível, esquecer Catherine. Não consegue e passa a maltratar Isabella que foge de casa, e, diante da recusa de seu irmão em aceitá-la de volta na Granja Thrushcross, muda-se da região. Catherine dá a luz a uma filha de Edgar e morre. A Filha chama-se Catherine (Cathy). Isabella descobre que está grávida de Heathcliff, tem o filho ao qual é dado o nome de Linton e, morre algum tempo depois. Edgar manda buscar o sobrinho, mas, Heathcliff exige que seu filho lhe seja entregue. Edgar Linton, doente, vê Heathcliff estimulando os jovens a se apaixonarem e tenta afastá-los. Edgar morre e Heathcliff planeja se apossar da Granja Thrushcross. Os jovens pressionados por Heathcliff se casam, mas, logo o jovem e doente noivo morre. O testamento estabelece que seu pai Heathcliff é o único herdeiro. Paro por aqui, já dei spoiler demais! Recomendo fortemente a obra!

Sugestão de boa leitura:

Título: O morro dos ventos uivantes.

Autora: Emily Brontë.

Editora: Principis, 2019, 444 p.

Preço: R$ 15,92.

Acompanhe nossas redes sociais e fique por dentro das novidades  Facebook |  Twitter |  YouTube |  Instagram. Também temos nosso grupo de notícias no  Whatsapp, todo dia atualizado com novas matérias.

Fique por dentro de todas

Se inscreva e receba as melhores notícias do Correio do Povo direto no seu e-mail