As Virtudes Teologais na Bíblia e no Catecismo da Igreja Católica

O que são as virtudes teologais? São graças divinas dadas por Deus a umcristão. São elas: a FÉ, a ESPERANÇA

O que são as virtudes teologais? São graças divinas dadas por Deus a um
cristão. São elas: a FÉ, a ESPERANÇA e a CARIDADE. A função delas é ligar
espiritual e diretamente com Deus o cristão. Santificam a sua vida espiritual segundo
os valores divinos. Adaptam as faculdades do cristão para que possa participar da vida
divina. Preparam o cristão para que tenha a vida intima com as três pessoas da
Santíssima Trindade, o Pai, o Filio e o Espirito Santo. (n.1812)
As virtudes teologais são muito importantes. Temos que mais uma vez destaca-
las, pois elas mantem o cristão na prática da religião cristã. Sem elas a pessoa fica
surda e sega religiosamente, não tem interesse pela religião de Jesus Cristo. As
virtudes teologais fundamentam e animam a vida moral do cristão. Elas são infundidas
por Deus na alma dos fiéis para torná-los capazes de agir como filhos de Deus e
merecer a vida eterna. São o penhor da presença e da ação do Espírito Santo nas
faculdades do ser humano. (n.1813)
§153 Quando São Pedro confessa que Jesus é o Cristo, Filho do Deus vivo,
Jesus lhe declara que esta revelação não lhe veio "da carne e do sangue, mas de meu
Pai que está nos céus". A fé é um dom de Deus, uma virtude sobrenatural infundida por
Ele. "Para que se preste esta fé, exigem-se a graça prévia e adjuvante de Deus e os
auxílios internos do Espírito Santo, que move o coração e o converte a Deus, abre os
olhos da mente e dá a todos suavidade no consentir e crer na verdade."

Vamos curtinho descrever as vantagens de possuir a virtude da FÉ. Pela virtude
da FÉ dada por Deus, nós cremos em Deus e em tudo o que Ele nos revelou e o que a
Santa Igreja nos propõe para crer. (n.1842)
Pela fé, o homem livremente se entrega todo a Deus. Por isso o fiel procura
conhecer e fazer a vontade de Deus. “ Nele se revela a justiça de Deus, que vem
pela fé e conduz à fé, como está escrito: “O justo viverá pela fé”. (Rm 1,17). A fé
viva "age pela caridade" (Gl 5,6).
(n.1815) O dom da fé permanece naquele que não pecou contra ela. Mas "é
morta a fé sem obras" (Tg 2,26), privada da esperança e do amor, a fé não une
plenamente o fiel a Cristo e não faz dele um membro vivo de seu Corpo.
(n.1816) O discípulo de Cristo não deve apenas guardar a fé e nela viver, mas
também professá-la, testemunhá-la com firmeza e difundi-la. Todos devem estar
prontos a confessar Cristo perante os homens e segui-lo no caminho da Cruz, entre
perseguições que nunca faltam à Igreja. O serviço e o testemunho da fé são requisitos
da salvação: "Todo aquele que se declarar por mim diante dos homens também
eu me declararei por ele diante de meu Pai que está nos céus. Aquele, porém,
que me renegar diante dos homens também o renegarei diante de meu Pai que
está nos céus" (Mt 10,32-33).
Ó, Bom Jesus! Aumente a minha FÉ, pois assim serei mais forte na fidelidade ao
teu Evangelho e vou impressionar os frios

Fique por dentro de todas

Se inscreva e receba as melhores notícias do Correio do Povo direto no seu e-mail