Missionários de Cristo

O grande missionário são Paulo Apóstolo insiste incansavelmente nas suas cartas em santificação de todos os que seguem Jesus Cristo.

O grande missionário são Paulo Apóstolo insiste incansavelmente nas suas cartas em santificação de todos os que seguem Jesus Cristo.

Portanto, se alguém está em Cristo, é criatura nova. O que era antigo passou, agora tudo é novo.  Ora, tudo vem de Deus, que, por Cristo, nos reconciliou consigo e nos confiou o ministério da reconciliação. Sim, foi o próprio Deus que, em Cristo, reconciliou o mundo consigo, não levando em conta os delitos da humanidade, e foi ele que pôs em nós a palavra da reconciliação. Somos, pois, embaixadores de Cristo; é como se Deus mesmo fizesse seu apelo através de nós. Em nome de Cristo, vos suplicamos: reconciliai-vos com Deus. (2Cor.5.17-20)

Este apelo de são Paulo Apostolo é dirigido a todos que já estão reconciliados com Deus, que vivem sem pecado, e merecem ser valorizados. São Paulo implora que como criaturas novas sejam embaixadores de Cristo, representantes dele, trabalhando na reconciliação da humanidade com Deus, isto é, no rompimento com o pecado. Assim se transformando nas novas criaturas, nos santos e nas santas.

Em primeiro lugar para este apelo tem que aderir as famílias cristãs. Assim são Paulo escreve para as famílias:  marido e mulher Sede submissos uns aos outros, no temor de Cristo.  As mulheres sejam submissas aos maridos, como ao Senhor. Pois o marido é a cabeça da mulher, como Cristo também é a cabeça da Igreja, seu Corpo, do qual ele é o Salvador.  Por outro lado, como a Igreja se submete a Cristo, que as mulheres também se submetam, em tudo, a seus maridos.  Maridos, amai as vossas mulheres, como Cristo também amou a Igreja e se entregou por ela a fim de santificar pela palavra aquela que ele purifica pelo banho da água. Pois ele quis apresenta-la a si mesmo toda bela, sem mancha nem ruga ou qualquer reparo, mas santa e sem defeito.  É assim que os maridos devem amar suas esposas, como amam seu próprio corpo. Aquele que ama sua esposa está amando a si mesmo. Ninguém jamais odiou sua própria carne. Pelo contrário, alimenta-a e a cerca de cuidado, como Cristo faz com a Igreja;  e nós somos membros do seu corpo!  Por isso, o homem deixará seu pai e sua mãe e se unirá à sua mulher, e os dois serão uma só carne.  Este mistério é grande – eu digo isto com referência a Cristo e à Igreja.  Em suma, cada um de vós também ame a sua esposa como a si mesmo; e que a esposa tenha respeito pelo marido. (Ef.5.21-33) Filhos, obedecei a vossos pais, no Senhor, pois isto é de justiça. Honra teu pai e tua mãe – este é o primeiro mandamento que vem acompanhado de uma promessa – a fim de que sejas feliz e tenhas longa vida sobre a terra. E vós, pais, não provoqueis revolta nos vossos filhos; antes, educai-os com uma pedagogia inspirada no Senhor. (Ef.6.1-4)

São Paulo Apóstolo destaca a importância da família santificada pelo sacramento do matrimônio. Compara esta importância com a relação entre Jesus Cristo e a Igreja. O matrimônio não é um encontro social de homem e mulher. Ele é uma união santificante o marido e a esposa como a Igreja é santificada pelo Cristo. Os casais que realizam os planos de Deus são missionários da sua família, santificam a sua família como Cristo santifica a Igreja. Que bela missão na família do pai e da mãe. Como eles são importantes.

Ó! Bom Jesus, Santifique as nossas famílias com as graças divinas pois deste modo o mundo se tornará melhor e mais feliz. As famílias santas farão o mundo santo. É isto que todas as pessoas de boa vontade desejam. Amém.

Acompanhe nossas redes sociais e fique por dentro das novidades  Facebook |  Twitter |  YouTube |  Instagram. Também temos nosso grupo de notícias no  Whatsapp, todo dia atualizado com novas matérias.

Fique por dentro de todas

Se inscreva e receba as melhores notícias do Correio do Povo direto no seu e-mail