O amor aos inimigos

Uma vez Jesus Cristo falou de um assunto que é muito difícil aceitar por nós pessoas comuns. Jesus Cristo falou

Uma vez Jesus Cristo falou de um assunto que é muito difícil aceitar por nós pessoas comuns. Jesus Cristo falou do amor aos inimigos. Muitos de nós acha que este mandamento se refere as pessoas que querem ser santas. Mas para nós, pessoas simples, que queremos só ganhar o Céu, não é necessário guardar este mandamento. Pois é muito difícil esquecer os desaforos e os prejuízos que os inimigos nos causaram e muitas vezes estão causando. E agora os perdoar e fazer bem a eles, isto está acima das nossas forças. Mas isto exige Jesus Cristo.  A exigência dele é sem restrição. Amar e ponto. Ele é muito radical. Ele quer, que sempre e em todas as situações amemos os inimigos. Como Jesus quer que nós praticamos este amor?  Então vamos ler a explicação dele.

Ora, a vós que me escutais, eu digo: amai os vossos inimigos e fazei o bem aos que vos odeiam.  Falai bem dos que falam mal de vós e orai por aqueles que vos caluniam… Se amais somente aqueles que vos amam, que generosidade é essa? Até os pecadores amam aqueles que os amam.  E se fazeis o bem somente aos que vos fazem o bem, que generosidade é essa? Os pecadores também agem assim.  E se prestais ajuda somente àqueles de quem esperais receber, que generosidade é essa? Até os pecadores prestam ajuda aos pecadores, para receberem o equivalente.

Jesus Cristo sabe, que cumprir o mandamento do amor aos inimigos não é uma moleza. Custa uma negação de si mesmo. Mas Ele não faz exceções. Incentiva a nós todos a praticar o amor aos inimigos. Para nos encorajar a praticar este amor Ele promete uma grande recompensa. Sim, promete uma grande recompensa. E sim, teremos no Céu um destaque como os filhos do Altíssimo.  Vale a pena refletir sobre este amor aos inimigos e começar pratica-lo para não perder a grande recompensa, mas ganha-la pois ela vai nos acompanhar por toda a eternidade.

Amai os vossos inimigos, fazei o bem e prestai ajuda sem esperar coisa alguma em troca. Então, a vossa recompensa será grande. Sereis filhos do Altíssimo, porque ele é bondoso também para com os ingratos e maus.  Sede misericordiosos como vosso Pai é misericordioso. (Lc.6.26-36)

O Meu Bom Jesus! O Senhor fez uma revolução nos costumes humanos. Nunca ninguém nos ensinava a amar os inimigos. O Senhor não só ensinou, mas nos deu exemplo deste amor, quando na cruz rezou pelos seus carrascos: Pai, perdoa-lhes! Eles não sabem o que fazem!  (Lc.23.34) Quero de todo o coração cumprir a tua ordem de praticar o amor aos inimigos. Me ajude a superar o ódio e a vontade de vingança. Que o amor fraterno seja vitorioso na minha vida e no mundo inteiro! Amém.