São poucos que se salvarão?

Jesus atravessava cidades e povoados, ensinando e prosseguindo o caminho para Jerusalém. Alguém lhe perguntou: Senhor, é verdade que são

Jesus atravessava cidades e povoados, ensinando e prosseguindo o caminho para Jerusalém. Alguém lhe perguntou: Senhor, é verdade que são poucos os que se salvam? Ele respondeu: Esforçai-vos por entrar pela porta estreita. Pois eu vos digo que muitos tentarão entrar e não conseguirão. (Lc.13.22-24)

Jesus Cristo não revelou o número dos salvos. Só indicou o que fazer para chegar ao Céu. Por que não revelou o número? Dá para entender. Se Ele falasse, que muitos se salvarão, os homens parariam de se preocupar com a sua salvação pensando que certamente vão se salvar. Se Jesus Cristo dissesse, que poucos se salvarão, o desanimo poderia tomar conta dos homens e das mulheres. O pessoal pensaria, que certamente irão para o inferno, não vale pena se esforçar para ser bom.

Mas a Sagrada Escritura nos sugere que muitos se salvarão. O demônio não pode reunir mais gente no Inferno do que Jesus Cristo no Céu. Pois neste caso o demônio triunfaria sobre Jesus Cristo. Ele diria: Eu sou mais forte do que Tu. A tua morte na cruz  é um sacrifício em vão. Isto não acontecerá. Quem vai triunfar, é Jesus Cristo. O sacrifício dele na Cruz tem um valor infinito, pois é o sacrifício de Deus infinito. Ele pagou por nós exageradamente.  Podemos imaginar fazendo uma comparação. Que alguém vende rosas. Uma rosa custa cinco reais. Chegou um homem e pegou todas as rosas e pagou por cada uma um milhão de reais. Com a boca aberta todo mundo olhava para este alguém. Será que ele enlouqueceu?  Ele explicou, que ama as rosas tanto que paga por cada uma um milhão de reais. Uma coisa parecida aconteceu com Jesus Cristo e conosco. Jesus Cristo pagou por nós de modo exagerado.  Por toda eternidade os anjos vão olhar para nós com grande admiração e cochichar entre si: Estes são os homens e as mulheres de modo loco amados por Jesus Cristo. Temos que respeita-los e também amá-los. Sim! Pensando bem, Jesus Cristo nos ama imensamente. A nossa resposta deve ser na mesma linha, amar a Jesus de todo coração praticando a religião dele com toda dedicação e sacrifício, custe o que custar. E Ele tanto nos ama, que faz de tudo para nos salvar e nos ter ao seu lado. Portanto são João Apóstolo no livro de Apocalipse escreve que viu tantos santos no Céu, que ninguém podia contar: Depois disso, vi uma multidão imensa, que ninguém podia contar, gente de todas as nações, tribos, povos e línguas. Estavam de pé diante do trono e do Cordeiro; vestiam túnicas brancas e traziam palmas na mão.  (Ap.7.9)

Meu Bom Jesus! Obrigado pelo teu amor por mim. Me esforço, para por amor a Ti seguir os teus ensinamentos dia por dia. Me ajude com as tuas graças, que eu tenha forças para cumprir as minhas promessas. Amém.

Fique por dentro de todas

Se inscreva e receba as melhores notícias do Correio do Povo direto no seu e-mail