Das coisas insanas que fazemos

Dias desse me peguei, pensando nas coisas que fazemos no automático e  que parecem inofensivas ou normais, mas que na

Dias desse me peguei, pensando nas coisas que fazemos no automático e  que parecem inofensivas ou normais, mas que na verdade beiram a insanidade.

 Uma delas é passar o nosso creme dental na escova de outra pessoa. O que leva um ser humano a fazer isso? Claro que reconheço como um ato de bondade e colaboração, mas em tempos de pandemia  pode ser tão contagioso quanto um beijo na boca.

Tentar começar um dia  sem tomar café. Não existe vida sem café da manhã!

Ir no parque de diversão com o estômago cheio ou vazio: o final é sempre catastrófico.

Utilizar o limite do cartão de crédito, ou fazer empréstimo de dinheiro. Todos somos sabedores dos juros absurdos que pagamos, mas aquela comprinha a mais, que, na maioria das vezes, é puro capricho, não pode esperar.

Emprestar calçados: essa insanidade dói muito, pois,  geralmente, a pessoa que empresta não sabe andar com aquele salto maravilhoso, tropeça, pisa torto e o final é sempre deprimente: seu belo sapatinho volta destruído, isso quando é devolvido.

Não obedecer a mãe e sair sem casaco, ou guarda-chuva. Essa insanidade não haverá necessidade de comentários adicionais, pois está comprovado cientificamente em todos os sites de meteorologia.

Adotar o sobrenome do marido ao casar-se; depois divorcia-se e querer retirar o sobrenome do ex dos documentos. Quanta dor de cabeça desnecessária, tudo por causa de algumas letrinhas!

Fazer as unhas antes de lavar o cabelo. A ordem correta é: Lavar os cabelos, depois fazer as unhas! Não entendo por que insistimos em inverter?

Tentar explicar algo para alguém que se recusa a entender! Haja saliva desperdiçada!

Ficar sem chocolate na TPM! Insanidade total, inclusive injustificável e inaceitável.

Fazer dieta durante os meses de dezembro e janeiro. Nem precisa de explicação dos motivos de tamanha loucura!

Ficar na praia debaixo do guarda-sol, esperando a chuva passar. Primeiro que raramente a chuva passa, segundo que há um risco real nessa ação!

Tomar café, à tarde, se você tem insônia. Prepare-se para a noite que virá!

Dar só uma olhadinha nas redes sociais, antes de dormir. A olhadinha pode durar algumas horas gastas espionando a vida alheia. Inclusive deve ter alguém espionando a sua enquanto lê esse texto!

Uma insanidade necessária, que custa sangue, suor e lágrimas é tentar negociar com as operadoras telefônicas. Eu disse tentar…

Começar a ver leitura de cartas de tarô no youtube. Isso é simplesmente viciante, impossível parar. Quando menos esperamos, já estamos matriculados em cursos on-line para  aprender a ler cartas.

Comprar roupas e sapatos para vestir em casamentos e formaturas. Eles tornam-se inúteis e démodé em pouco tempo e ficam empilhados trancando canto no guarda-roupa por anos!

Dar o controle da TV a uma criança. Certamente  nunca mais obterá nem o controle da TV, nem o controle sobre a criança.

Criar senhas aleatórias e diferentes para cada aplicativo, e-mails, contas. Simplesmente, nunca mais conseguiremos administrar nossa vida como antes!

 Por último e, talvez a mais insana das insanidades atuais: Recusar-se a tomar vacinas! Prefiro não comentar tamanha insanidade!

Acompanhe nossas redes sociais e fique por dentro das novidades  Facebook |  Twitter |  YouTube |  Instagram. Também temos nosso grupo de notícias no  Whatsapp, todo dia atualizado com novas matérias.

Fique por dentro de todas

Se inscreva e receba as melhores notícias do Correio do Povo direto no seu e-mail