O pensamento negativo também deixa doente

Redundância  Muitos profissionais entendidos da área de saúde; além de jornalistas falam “25” horas por dia do corona vírus. Como

Redundância 

Muitos profissionais entendidos da área de saúde; além de jornalistas falam “25” horas por dia do corona vírus. Como se não bastasse; pessoas leigas no assunto, se encarregam de postar coisas tristes e terríveis de lugares longínquos, muitas vezes postando inverdades com áudios assustadores mesmo sem saber da credibilidade da origem e mesmo que saibam, poupem a população que não aguenta mais ouvir falar disso. O problema não será solucionado dessa maneira.

O pensamento negativo também deixa doente 

Caso isso continue, a própria mente com pensamentos negativos e tristes, oriundos de fofocas baratas, acabará com nós e não a doença propriamente dita. Sejam conscientes, cuidem-se mais e falem menos, de preferência aquelas pessoas que fazem parte dos grupos. Deixem as notícias nas mãos de pessoas competentes e habilitadas, pois o medo acaba com o funcionamento biológico do ser humano por causa disso, muitas pessoas já estão com depressão,  ansiedade e até síndrome do pânico.

Sentido da vida 
Essa questão é muito difícil pra responder por ser extremamente subjetiva, não existe uma resposta só. Mas numa aula de Filosofia, falei pra meus alunos e coloquei no quadro que um dos sentidos da vida seria a “sobrevivência”. Lembrei eles como as pessoas ficaram desesperadas na ocasião do desabastecimento generalizado em todo o país por causa da greve dos caminhoneiros, não tinha comida nos mercados nem combustível nos postos, as pessoas andavam pelas ruas feitas doidas procurando alguma coisa para comprar sem resultados, pois faltava quase tudo. As pessoas tinham dinheiro, entretanto, não tinha valor.

A história se repete 

Agora a situação se repete por causa da pandemia, todos os comércios sendo fechados, o movimento parou no país, nas cidades e nas ruas, as pessoas novamente desesperadas, a sobrevivência está ameaçada, pois a economia ficou fragilizada num efeito dominó. Os donos das empresas perguntam: como vou pagar os empregados se fechar o meu negócio? Como eles vão “sobreviver” se mandar embora? Quando a sociedade ficará tranquila novamente? Quando a economia voltar a funcionar? As pessoas têm mais medo do vírus ou da quebradeira generalizada que colocará em xeque-mate a sua sobrevivência? Não são as respostas que movem o mundo e sim as perguntas.

A minha caneta anotou 

Os bons preços da Comercial Virmond em materiais de construção e tintas. O bom atendimento e bons preços na Rede Lar de supermercados no comando da Olinda Cruschiak.  O destaque da farmácia Santa Terezinha na área farmacêutica em Laranjeiras do Sul.  A última geração em tecnologia com a qual conta o laboratório Modelo da família Pavan para realizar os seus exames de análises clínicas. Confira em frente ao hospital São Lucas as novas novidades na parte técnica. Produtos de qualidade em artigos de informática é na Microlan informática do Luciano Polônio. Os bons e deliciosos produtos da erva mate Becker da Roseli e do Valter Becker que conta com vários sabores desde o tereré ao chimarrão. As boas ofertas da semana no auto posto Lalaco I e II. Os melhores bolos e doces você encontra na fábrica Fornello do Rodrigo Richardi.

 

Fique por dentro de todas

Se inscreva e receba as melhores notícias do Correio do Povo direto no seu e-mail