QUAL É A CIDADE MAIS FRIA DO BRASIL?

  Conta o jornalista Dante Mendonça que quando o inverno se avizinha e o frio faz doer os ossos, gaúchos,

 

Conta o jornalista Dante Mendonça que quando o inverno se avizinha e o frio faz doer os ossos, gaúchos, catarinas e paranaenses começam uma peleja que faz esquentar o tempo no Brasil Meridional: Qual a cidade mais fria do Brasil? Vacaria! – apostam os gaúchos. Localizada entre o Rio Grande do Sul e Santa Catarina, Vacaria é velha conhecida, desde os tempos em que os tropeiros dos Campos Gerais levavam o mate paranaense para Viamão e na volta conduziam o gado para Sorocaba. Aqueles pagos eram conhecidos como Baqueria de los Pinhales (Vacaria dos Pinhais), assim dito em castelhano porque os missionários jesuítas deixavam o gado se criar solto, trazido das Missões. Conforme proseiam na Porteira do Rio Grande, a maior nevada até hoje vista no Brasil aconteceu na Baqueria de los Pinhales, no ano de 1879. Nos dias 7, 8 e 9 de agosto, a neve chegou a dois metros de altura, enterrando o gado que só ficou com os chifres de fora diziam os exagerados de sempre. Mesmo sem nenhuma fotografia para provar que a neve de 1879 deixou o gado só com as guampas de fora, os vacarianos insistem em defender o título de cidade mais fria do Brasil, o que não é levado a sério pelos estudiosos de São Joaquim, considerando-se que os gaúchos são os grandes ficcionistas da literatura brasileira. São Joaquim! – apostam os catarinas. A cem quilômetros de Vacaria, na serra catarinense não faltam retratos para provar que a maior neve da história do Brasil aconteceu em 1957, quando a friagem teria chegado a 14 graus negativos. Entretanto, não há registros oficiais. Mas, de fato, a nevada de 57 foi tão severa que deixou São Joaquim isolada, sem ter um grão de feijão para comer com carne seca. O socorro foi de Curitiba, quando cinco aviões jogaram fardos de mantimentos sobre São Joaquim, Urupema e Urubici, o triângulo das neves de Santa Catarina. Que nos desculpem os vizinhos do Sul, entrementes o Paraná pede passagem para inscrever General Carneiro ao título de cidade mais fria do Brasil. Na região Sul do Paraná, embutida no mapa de Santa Catarina, General Carneiro registrou a temperatura mais baixa do Brasil em julho de 2010. Durante a madrugada, os termômetros marcaram -5,9 º C, de acordo com o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), temperatura mais baixa do que São Joaquim (SC), onde a temperatura chegou a -4,9 ºC.  Saibam os gaúchos e catarinas, graças à gelada General Carneiro o planeta ainda vai neutralizar esse tal de aquecimento global. Este escriba toma a liberdade de meter o bedelho na discussão lembrando os Campos de Palmas onde viveu vários anos da juventude em fazendas da região e até porque esta comprovação acaba de vir do Sistema Meteorológico do Paraná – SIMEPAR, que emitiu parecer técnico em resposta à diligência do deputado estadual Nereu Moura autor do projeto de lei nº 347/2017 que reconhece oficialmente a cidade de Palmas como a mais fria do Paraná.