André Demczuk assume o Bituruna na reta final da Série Prata

Treinador comandará o time nas três partidas restantes da 1ª fase da segundona e tem a missão de conquistar a classificação

Restando três partidas para o fim da participação da equipe na 1ª fase da Série Prata do Paranaense de Futsal, a diretoria do Bituruna fez mudanças na comissão e o técnico César Mandryk deixou o time. 

Em cinco jogos da segundona, o Bituruna perdeu quatro, empatou um e está na lanterna. Para tentar a reação na reta final, o clube trouxe André Demczuk, que já dirigiu o time em 2018, na Bronze.

Demczuk estava sem clube desde o fim das atividades do Prudentópolis, no 1º semestre de 2020. Pelo Búfalo, o treinador conquistou a 3ª colocação na Série Bronze, que deu o acesso à equipe. Também tem passagens por Ivaí e Assifusa de Irati.

“Almejamos passar de fase. Nesse retrospecto ruim do time, sei que a responsabilidade também é minha, já que vinha sendo o auxiliar do César”, disse o presidente do Bituruna, Alan Santos. 

Dos três compromissos restantes do Bituruna, dois serão disputas diretas pela classificação. Amanhã (16), enfrenta, em Guarapuava, o CAD, que tem sete pontos. No sábado (19), vai até o Sudoeste medir forças com o Mariópolis, 3º colocado. Por fim, no dia 26 de setembro, recebe a Apaf, que tem três pontos e ocupa a 8ª colocação, a primeira dentro da zona de classificação. 

Em entrevista por telefone ao Correio do Povo do Paraná, André Demczuk disse que assumirá pela primeira vez um trabalho nestas condições. “Sempre comecei no início da temporada, ajudando a montar o elenco. Agora, o que preciso fazer é um trabalho rápido. Conheço boa parte do elenco, alguns atletas que estavam bem no ano passado já não estão mais. É o momento de fazer-se o mais simples possível”, disse.

Demczuk, inclusive, acompanhou a última partida biturinense: a derrota em casa, no sábado (12), para o Pinhão por 4×1.  Além dele, João Leiva, que já foi treinador do time, asssume a função de auxiliar técnico.