Série Prata: Mariópolis faz jogo duro, mas cede empate ao Operário. Coronel reage e Bituruna surpreende

Os três jogos da 3ª rodada da 2ª fase da Série Prata do Campeonato Paranaense de Futsal que foram disputados

Os três jogos da 3ª rodada da 2ª fase da Série Prata do Campeonato Paranaense de Futsal que foram disputados na noite deste sábado (24) tiveram desfechos interessantes para quem aprecia um certame regado a emoção. 

Em Mariópolis 

No mesmo palco onde foi derrotado na 1ª fase por 8×1, o Mariópolis reencontrou o Operário Laranjeiras. Só que desta vez, o “tom” do resultado foi outro. Logo nos primeiros segundos de jogo, Felipe Otto cobrou escanteio. O cruzamento direcionado para o centro de área rubro-negra encontrou a perna de Gabriel Guedes: gol contra para o time da casa. Depois, foi a vez de Marquinhos ampliar a vantagem: 2×0. Dudu voltou a marcar de diminuiu para o Operário Laranjeiras. Ainda na 1ª etapa, Yuri Bahia, em cobrança de tiro livre direto, marcou o terceiro do time de Márcio Borges, que ainda terminaria o jogo expulso. 

Na etapa final, o Rubrão reagiu e chegou ao empate com os gols de Tanque – o primeiro dele pelo clube – e Biel, cobrando pênalti.

No entanto, o contraste da partida ficou legado após o trilho do apito. Gabriel Guedes e Marcelo Bigode – ambos atletas do Operário Laranjeiras – iniciaram uma discussão dentro de quadra, que culminou em agressões físicas. De acordo com a reportagem da Rádio Campo Aberto, que estava no local da partida, um dos atletas sangrou após o embate. 


Estreia indigesta no Lolo Cléve

Após comemorar o empate fora de casa com o Operário Laranjeiras, no meio de semana, o Pitanga/São João do Ivaí recebeu o Bituruna. Foi o primeiro jogo da Série Prata desta temporada disputado no Ginásio Lolo Cléve pelo clube treinado por Reginaldo Silva. Por conta das restrições impostas pela secretaria de Saúde de Pitanga, em rezão da pandemia de covid-19, a equipe vinha mandando suas partidas no Orlando Queiroz, em São João do Ivaí. 

Só que a estreia não foi das melhores. Vagnão e Fernando (duas vezes cada) e também Peixe, marcaram para os visitantes. O Pitanga fez com Érico, Marinho e Marcinho e disperdiçou uma penalidade com Elcinho. Fim de jogo: 5×3 para o Bituruna. O time de André Demczuk somou os primeiros pontos na 2ª fase da segundona. 


Reação vividense

Após duas derrotas seguidas, o Coronel venceu, em grande estilo, a primeira partida nesta 2ª fase. No extremo-oeste do estado, os comandados de Renato Mocelin fizeram 2×1 no São Miguel, com gols de Jan e Chico. O Amarelinho marcou com Gauchinho.


Jogo adiado 

A forte chuva que caiu em Guarapuava neste sábado fez com que o jogo entre CAD e Apaf, programado para as 19 horas, fosse adiado para as 11 horas deste domingo (24). 


Situação de momento e próximos jogos

No Grupo B, Operário Laranjeiras e Mariópolis estão com cinco pontos, mas o Rubrão leva vantagem no critério de desempate e lidera a chave. Em seguida, aparece o Bituruna, com três pontos. O Pitanga tem dois. 

Com quatro pontos, o São Miguel segue na liderança do Grupo C, mas pode ser ultrapassado após o jogo entre CAD e Apaf. Ambos possuem três pontos. Esta pontuação é a mesma. O clube do Sudoeste figura na 4ª colocação.

A 4ª rodada da 2ª fase será disputada na quarta-feira (28). Confira os confrontos:

Grupo B
Mariópolis x Pitanga/São João do Ivaí – 20 horas
Operário Laranjeiras x Bituruna – 20h30
Grupo A
Coronel x Apaf – 19 horas
São Miguel x CAD – 20h30