Acompanhe as ações que a prefeitura de laranjeiras tomou para conter o avanço da COVID-19 e o colapso de UTI’s

Casos estão evoluindo na cidade e câmara municipal necessita de apoio da população

“Eu gostaria de ter o poder de varrer o coronavírus da face da Terra. Como isso não está nas minhas mãos, faço o que está ao meu alcance”, afirmou Berto Silva, prefeito do município, após anunciar uma das medidas que câmera tem tomado.  A cidade atingiu 15 mortes e 1.617 casos confirmados no dia de hoje (10), causando profunda comoção local e urgência de medidas que busquem minimizar o avanço da doença.

Diante disso o Correio do Povo reuniu as ações que foram realizadas até o momento para melhor acompanhamento da população, confira a seguir:

Novos Leitos

Perante a grave situação da enfermaria e da UTI destinados ao tratamento da Covid-19 do Instituto São José, que segundo os boletins diários, há dias opera com lotação máxima, a secretária de Saúde de Laranjeiras do Sul solicitou equipamentos à regional de Saúde, para que possam ser abertos mais leitos na enfermaria e pelo menos mais um leito de UTI.

Ainda ontem (10) o secretário de Saúde, Valdecir Valick, informou que a regional estava em contato com dois hospitais do município, São José e São Lucas, para verificar a possibilidade de abertura de mais leitos na enfermaria e de UTI. Diante desse pedido, hoje (11) foi confirmado que o instituto São José receberá dois novos leitos de enfermaria e um de uti.

Hospital de campanha

Além da procura por novos leitos, Valdecir Valick também explicou a utilidade do hospital campanha, construído no centro de eventos. Segundo ele o local possui 46 leitos de enfermaria, mas não são destinados aos pacientes com covid-19 e sim para aumentar a capacidade de atendimento do instituto a pacientes com outros tipos de enfermaria em caso de colapso.

Serviços de desinfecção e higienização

As equipes da Prefeitura de Laranjeiras do Sul reforçaram a desinfecção e higienização de espaços públicos na noite desta quarta-feira (10). Essa medida de enfrentamento ao coronavírus já vinha sendo tomada desde março de 2020 e estão sendo realizadas em pontos estratégicos da cidade como Unidades de Saúde, Mercearias nos bairros e pelo Centro.

Multas

A vigilância da saúde está verificando e multando quem não está respeitando as leis que preveem a diminuição do contagio . Três pessoas já foram identificadas e multadas em 50 UFM´s (Unidade Fiscal Municipal), hoje equivalente a R$ 173,50. Na reincidência o valor dobra para 100 UFM´s.

Pulseiras

Desde segunda-feira (8), a prefeitura de Laranjeiras do Sul adotou uma medida diferenciada para coibir a circulação de pessoas suspeitas e confirmadas com o novo coronavírus na cidade. Pessoas com ou suspeita de Covid-19 precisam usar uma pulseira.

A pulseira amarela é para as pessoas consideradas suspeitas, ou seja, que aguardam o resultado do exame. Já a de cor vermelha é para quem já confirmou a doença. Nos dois primeiros dias (segunda e terça-feira) mais de 100 pulseiras foram colocadas.

Mas não é só sobre a prefeitura

Esforços governamentais são necessários para conter o avanço do coronavírus, mas são insustentáveis sem a ação individual. A tomada de consciência e a denuncia são necessárias para a doença não atinja ainda mais pessoas.

“Estamos somando esforços para proteger a população. Mas nada disso terá importância se cada um não fizer a sua parte. É tempo de ficar em casa, de cuidar de si e assim proteger a todos. As principais dicas de prevenção continuam valendo, que é a higienização constante das mãos, isolamento social e higienização dos ambientes e objetos de grande contato humano”, afirmou Berto Silva.

Fique por dentro de todas

Se inscreva e receba as melhores notícias do Correio do Povo direto no seu e-mail