Berto Silva deixa claro que a situação é séria e as medidas são necessárias

E fez um apelo: “sem piadinha com assunto sério, a não ser que você tenha desprezo pela vida, sua e das outras pessoas”

No decreto deste fim de semana em Laranjeiras, foi decretado o Lockdown total no fim de semana, fechando inclusive oficinas mecânicas, agropecuárias, lojas de materiais de construção e afins.

Ficaram abertas apenas as atividades comerciais ligadas à saúde e a alimentação, com restrições. Os mercados estão funcionando apenas com 30 % da capacidade estabelecida pelo alvará de bombeiros e com os cuidados já conhecidos como distanciamento, álcool gel e uso de máscaras. Os restaurantes e lanchonetes estão atendendo somente por delivery e não podem comercializar bebidas alcoólicas.

Sobre a medida

O prefeito Berto Silva fez um pronunciamento nas redes sociais, acompanhado do vice-prefeito Valmir Scarpari e do secretário de Saúde, Valdecir Valick.

Segundo o secretário de Saúde Valdecir Valick, essa é uma medida válida pois a UTI está lotada e há pacientes na enfermaria precisando de vaga de UTI. “É uma medida que vem para colaborar com esse viés de baixa nos casos que tivemos nos dias 10 e 11”.

O vice-prefeito Valmir Scarpari pediu a compreensão e colaboração dos comerciantes, com o lockdown que impede a abertura das lojas nesse meio dia de sábado. “Essa é uma ajuda à saúde pública de Laranjeiras”.

Seriedade da situação

O prefeito Berto Silva comentou sobre as piadinhas nas redes sociais feitas no final de semana passado com relação às bebidas alcóolicas. “As pessoas fotografavam uma latinha de cerveja e falavam: ‘aí Berto Silva’. Ninguém proibiu as pessoas de beberem em suas casas, no seu núcleo familiar”.

Scarpari diz que aqueles que fazem piadinhas são apenas 1 ou 2 %, pois a população aprova massivamente as medidas. “São piadas de mal gosto e feitas por pessoas que ainda não tiveram em sua família um caso sério de Covid’.

O vice-prefeito afirma que a consciência de cada um é o que mais importa nesse momento. “O que realmente resolverá a situação é a vacina e esperamos que consigamos avançar com a vacinação o mais rápido possível”.

Valick fala da importância de seguir as determinações para diminuir os índices de Covid. “As medidas tomadas são um alívio. E colaborar dois dias, é o mínimo que a população pode fazer”.

Berto deixa claro que não há prazer algum para a prefeitura em tomar essas medidas, mas que são extremamente necessárias. “Vamos transformar esse momento em reflexão, pois 2.500 irmãos estão morrendo por dia no Brasil neste momento e centenas de milhares estão agonizando em um corredor, dentro de uma ambulância ou em qualquer lugar. É muito importante que tenhamos essa visão solidária.

O prefeito diz contar com a população e frisa: “sem piadinha com assunto sério, a não ser que você tenha desprezo pela vida, sua e das outras pessoas”, completa Berto.