Campanha Maio Amarelo 2021, foi oficialmente lançada ontem (27)

Em entrevista ao Correio do Povo, o inspetor da PRF de Cascavel, Ricardo Barreto Salgueiro explicou o slogan deste ano que é “Respeito e responsabilidade: pratique no trânsito”.

A campanha Maio Amarelo 2021, foi lançada oficialmente ontem (27) e o tema deste ano é “Respeito e responsabilidade: pratique no trânsito”. O evento, foi realizado na sede do Sistema CNT, em Brasília, e reuniu as principais autoridades relacionadas à segurança no trânsito.

A campanha busca trazer uma reflexão sobre atitudes que têm faltado nos últimos tempos, em diversos ambientes de convivência, inclusive e principalmente no trânsito. O Observatório Nacional de Segurança Viária é o idealizador da campanha.

Em entrevista exclusiva ao Correio do Povo, o inspetor da Polícia Rodoviária Federal (PRF) de Cascavel, Ricardo Barreto Salgueiro, explicou que a PRF atua ao longo do ano em diversas campanhas educativas. “O mês de maio ganha destaque pois todos os órgãos que fazem parte do Sistema Nacional de Trânsito intensificam essas ações”,conta o inspetor.

Slogan 2021

Segundo o inspetor, o slogan deste ano “Respeito e responsabilidade: pratique no trânsito”, vem de encontro com o comportamento de impaciência que muitas pessoas têm no trânsito. “Muitas perdem a razão, perdem o autocontrole, as vezes um desentendimento por qualquer motivo termina em xingamentos, às vezes vão para as vias de fato e por vezes acontecem até mortes no trânsito em razão exatamente dessa impaciência e da falta de respeito que as pessoas têm”.

O inspetor lembra que no Brasil há uma legislação de trânsito bastante rica, que tem regras e diretrizes que possibilitam a harmonização de todas as partes. “Mesmo diante de arcabouço gigantesco de normas, que é recepcionado pelo Código de Trânsito Brasileiro, temos ainda muitos problemas no trânsito e grande parte, ocasionados por essa falta de paciência que normalmente as pessoas têm quando estão na direção de veículo auto-motor. Daí a razão desse slogan em 2021”.

Conscientização

A campanha Maio Amarelo teve sua primeira edição em 2014. Apesar de registrar redução do número de mortes nos últimos anos, o trânsito brasileiro ainda mata milhares de pessoas.

Em 2019, quando foi divulgado o último levantamento pelo Ministério da Saúde, foram mais de 31 mil vidas perdidas. Esse é o número mais baixo desde 2001.

“Não há dúvida que a conscientização é de fundamental importância para que alcancemos um trânsito seguro. Todos são agentes impulsionadores da segurança no trânsito, então de nada adianta a polícia fiscalizar ou fazer campanhas se não forem direcionadas para a redução de acidentes”, afirma Salgueiro.

Na visão do inspetor, se cada ação de conscientização realizada, seja através de internet, jornais, ou rádios, fizer com que uma pessoa repense suas atitudes no trânsito, com certeza vai ajudar aos poucos a construir um trânsito mais seguro.

“Mesmo com a diminuição de mortes no trânsito nos últimos anos, é essencial aumentar a conscientização e a mobilização da sociedade”, completa