Responsivo

Dia Mundial de Combate à hipertensão é celebrado com evento de conscientização

O evento em Laranjeiras terá aula de zumba gold e contará com a participação de membros do programa ‘Coração Feliz’

Amanhã (26), a partir das 8 horas da manhã, será realizado um evento especial de conscientização ao Dia Mundial de Combate à Hipertensão na Praça José Nogueira do Amaral. A data, instituída pela Lei nº 10.439/2002, tem como objetivo conscientizar a população sobre a importância do diagnóstico preventivo e do tratamento adequado da doença.

Características da hipertensão

A hipertensão arterial é caracterizada pela elevação sustentada dos níveis de pressão arterial, acima de 140×90 mmHg. Pode ser primária, quando geneticamente determinada, ou secundária, quando decorrente de outros problemas de saúde. Entre os principais sintomas estão tonturas, falta de ar, palpitações, dores de cabeça frequentes e alterações na visão. Entretanto, a doença é geralmente silenciosa, o que torna essencial medir regularmente a pressão arterial.

Fatores de risco

Diversos fatores estão associados ao desenvolvimento da hipertensão, como obesidade, histórico familiar, estresse e envelhecimento. O consumo exagerado de sal e hábitos alimentares inadequados também contribuem para o surgimento da doença.

Complicações e tratamento

As principais complicações da hipertensão incluem derrame cerebral, infarto agudo do miocárdio e doença renal crônica. O tratamento contínuo da doença é fundamental para ampliar a qualidade e a expectativa de vida dos pacientes. Apesar de não ter cura na maioria dos casos, a hipertensão pode ser controlada por meio da adoção de um estilo de vida mais saudável e, em alguns casos, com o uso de medicamentos.

Atividades no evento

 O evento em Laranjeiras contará com uma aula de zumba gold, com a participação de membros do programa ‘Coração Feliz’. Segundo o secretário de Saúde, Valdecir Valicki, o objetivo da ação é incentivar a prática de exercício físico para a melhoria da hipertensão arterial.

“Além da atividade física, outras medidas preventivas e de controle são importantes para lidar com a doença, como manter o peso adequado, não abusar do sal, aproveitar momentos de lazer, abandonar o fumo e moderar o consumo de álcool’, afirma o secretário.