Polícia Civil prende dois traficantes e apreende um menor de idade

Na residência foram apreendidas inúmeras buchas de cocaína, dinheiro e um revólver calibre 38

Na tarde de domingo (6) a Polícia Civil de Laranjeiras do Sul através do Grupo de Diligências Especiais (GDE) da 2ª SDP desarticulou uma quadrilha de traficantes que agiam na cidade. 
O esquema criminoso era formado por três pessoas adultas e um adolescente. A droga era trazida da região de Curitiba pelo chefe da quadrilha e revendida por ele e mais outros três indivíduos. 
Abordagem
Os investigadores abordaram um dos traficantes saindo do principal ponto de tráfico da quadrilha, com posse de várias buchas de cocaína. Na sequência foi realizado o cerco na residência utilizada pelos traficantes onde várias pessoas foram abordadas. Os outros dois traficantes que pertenciam a este esquema estavam no local e foram presos. 

Apreensão
Na residência foram localizados e apreendidas inúmeras buchas de cocaína, dinheiro e um revólver calibre 38, que era usado para fazer a segurança do ponto de tráfico.
Um veículo utilizado pela quadrilha para buscar a droga na região de Curitiba e para realizar a entrega de entorpecentes a usuários na cidade.
No total, 27 buchas de cocaína e R$534 foram apreendidos. Um dos presos foi autuado por tráfico de drogas, posse irregular de arma de fogo, e corrupção de menores. O outro integrante da quadrilha por tráfico de drogas, em relação ao adolescente foi feito um boletim de ocorrência circunstanciado por ato infracional equiparado a tráfico de drogas.
Uma mulher que é apontada como uma integrante do esquema de tráfico de drogas e dona do veículo utilizado pela quadrilha, conseguiu fugir de um dos locais da abordagem. 
Diligências foram realizadas no intuito de capturar, porém ela não foi localizada. As investigações seguem no intuito de aprofundar sua participação e responsabilizá-la criminalmente.
A Polícia Civil acredita que com mais estas prisões de traficantes, boa parte do tráfico de drogas da cidade foi desarticulada. Os trabalhos de combate ao tráfico de drogas devem continuar. Mais apreensões de entorpecentes e prisões deverão ser realizadas.