Sicredi Grandes Lagos PR/SP fecha 2020 com saldo positivo

Presidente Orlando Muffato revela os desafios que a pandemia trouxe e comemora resultados alcançados pela Cooperativa

Quem poderia imaginar que 2020 seria um ano tão diferente? A pandemia provocou muitas mudanças no comportamento e na forma das pessoas se relacionarem. Eventos e ações tiveram que ser reestruturados para os formatos digitais que ganharam força. Apesar dos desafios e adversidades enfrentadas, para a Sicredi Grandes Lagos PR/SP o ano de 2020 será concluído com saldo positivo. Assim garante o presidente Orlando Muffato, que concedeu entrevista ao Correio do Povo do Paraná.

Finalizando mais um ciclo de atividades da Cooperativa, Orlando recordou os desafios no trabalho impostos pela pandemia. Segundo ele, os três primeiros meses foram de normalidade, com todas as ações sendo realizadas de forma presencial. Com o avanço da pandemia no Brasil, a partir de abril, o Sicredi viveu seus 60 dias mais desafiadores. “Foram dias de incertezas, tudo era novo diante do novo normal. Eventos precisaram ser adiados e ações reestruturadas para o formato adequado. Mas contamos com o apoio do Sistema Sicredi, que nos orientou para seguir com o nosso planejamento previsto para 2020”. 


Estabilidade

O presidente reitera que a cada dia uma nova situação tinha que ser analisada com atenção para encontrar a melhor solução, e assim buscar transmitir tranquilidade as equipes dos colaboradores. “Enquanto algumas empresas se manifestavam cogitando demissão em massa, nós do Sicredi estávamos convictos que a decisão teria que ser totalmente contrária, que o mais importante naquele momento era passar segurança aos nossos colaboradores”. 

Ainda assim, a cooperativa precisou fazer adaptações. Enquadrar-se e seguir em funcionamento da maneira que o momento exigia – já que decretos determinaram o atendimento a portas fechadas, com o período variando conforme o município. “Seguimos as orientações e trabalhamos para minimizar os impactos no atendimento em nossas agências.


Em vez da crise, o desenvolvimento

E embora o cenário econômico do país aponte para a crise, a Sicredi Grandes Lagos teve desempenho que, de tão bom, é desejado para o próximo ano. “Tivemos um desenvolvimento surpreendente. Foi bom nos principais indicadores, com o crescimento no número de associados, de recursos administrados e da carteira de crédito. Entendo que o trabalho bem feito na condução da cooperativa trouxe ainda mais confiança para os Associados continuarem investindo. Se no próximo ano crescermos como neste de pandemia, estará ótimo”.

Orlando acredita que um dos acertos durante o período de isolamento social foi lutar contra o distanciamento dos associados. “Quem gostava de estar no ambiente físico da cooperativa, entendeu a importância do uso do aplicativo e do autoatendimento. Estivemos em contato com os associados através das redes sociais”. 
 
Entre outros feitos de 2020, o presidente destaca as inagurações das agências de Praia Grande e Santos Praia na baixada santista, no litoral de São Paulo. “Com coragem, trabalho e muito otimismo, nossas equipes se mantiveram focadas no propósito de realizar as ações de desenvolvimento e cooperativismo que impactaram milhares de associados e suas famílias nas comunidades onde estamos inseridos”. 

 


Projeções: expansão e sustentabilidade 

Para 2021, o objetivo segue voltado para o crescimento sustentável e dos pilares da cooperativa – crescimento no número de associados, de recursos administrados e da carteira de crédito. 

“Vamos continuar focados no projeto de expansão da cooperativa para o litoral paulista com a abertura de novas agências, e seguir melhorando a experiência do nosso associado do Paraná com a oferta das soluções financeiras mais adequadas a realidade de cada um deles”. 

Para o 1º semestre, está programada a inauguração de mais uma agência em Santos, a 4ª daquele município. Para o 2º, quem passará a contar com a presença de uma agência da cooperativa é a cidade de Itanhaém, também na baixada. 

“Com o apoio do nosso Conselho de Administração e Fiscal, diretoria executiva, colaboradores e, principalmente, com o seu apoio, associado, queremos continuar sendo agentes de transformação de nossa sociedade para fazer a diferença na vida das pessoas e sairmos desse cenário desafiador muito mais fortes! Com muita fé e esperança, vamos superar tudo isso! Vamos juntos cooperar com o nosso próximo, com nossa família, nossos amigos, com o comércio local e desenvolver nossa comunidade, valorizando o que é nosso! Obrigado aos associados, conselheiros, coordenadores de núcleo, diretores e colaboradores, fornecedores e parceiros, e à imprensa pela parceria ao longo de 2020”, concluiu.