Cervejeiros Laranjeirenses: Fábio Gasperin, um estudioso da cerveja

Notícias Locais

O protagonista da série na edição de hoje profetiza que a “Cerveja Salvou o Mundo”

  • Compartilhe Essa Notícia
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter
Henrique Romanini
Henrique Romanini

Na série “Cervejeiros Laranjeirenses” o protagonista ade hoje é o Fábio Gasperin. Professor de matemática, bancário e cervejeiro.

Lógico que a última atividade é exercida com mais prazer. E isso é fácil de explicar, porque fabricar cerveja para o Fábio é um hobby que virou uma atividade comercial. Isso é que é unir o útil ao agradável.

Fábio conta que iniciou a produção de cerveja com três amigos que são de São João, há 70 km de Laranjeiras do Sul, onde ele nasceu, que em um determinado dia em um grupo de whatsapp comentaram que começariam a produzir cerveja artesanal.

“Quando vi eu falei quero participar também. Foi quando entrei na sociedade na compra dos equipamentos e a gente começou a produzir. Isso há dois anos e meio. De lá pra cá eu fui pesquisando sobre a atividade, conhecendo sabores diferentes, receitas novas e descobrindo os tipos de cerveja, as origens e me internado cada vez mais sobre o assunto”, ressalta Fábio.

Fábio lembra ainda que o grupo inicial se dissolveu mas ele continuou a produzir sua cerveja aqui em laranjeiras do Sul.

“Naquela época, quando eu ainda era iniciante, eram poucos os cervejeiros na cidade, mas fomos descobrindo uns aos outros, a turma aumentou e criamos um grupo no whatsapp que está crescendo a cada dia” revela ele.

Fábio que é funcionário do Banco do Brasil é proprietário de uma empresa especializada em equipamentos para a produção de cerveja, a Ceva Shop, que nasceu justamente com a união de amigos cervejeiros que viram no negócio um investimento promissor.

“A sede da empresa fica em Pato Branco, aqui em Laranjeiras temos um ponto de entrega, onde as pessoas fazem a encomenda pelo site no http://home.cervashop.com.br e agente entrega aqui”, explicar

Hoje Fábio é um estudioso da cerveja, sabe tudo sobre estilos, história da bebida e até afirma que “a cerveja salvou o mundo”, brinca.


Existe inclusive, a respeito do terma, um documentário da Discovery Channel denominado: “Como a Cerveja Salvou o Mundo” e nele explicam o porque a bebida foi a melhor invenção do universo.


Anote

A revolução agrícola aconteceu por causa da cevada. E acredite, não era para fazer pão. E estudos indicam que os primitivos criaram a cerveja através de um acidente.

Antigamente, eles coletavam a cevada para se alimentar dela e durante o processo de coleta, eles as armazenavam em recipientes. O pesquisador acredita que um dia choveu, enchendo o pote de água, produzindo CO2 e álcool. Quando decidiram experimentar aquele líquido precioso não conseguiram parar.

Então começou o cultivo de cevada e para isso, surgiu um monte de técnicas agrícolas como o arado e irrigação.

É claro que depois, eles sentiram a necessidade de transportar, e assim surgiram as carroças.

 
A escrita


Quanto mais cervejas eram produzidas e mais cevadas cultivadas, mais fazendas surgiam. Desde então sentiram a necessidade de dividir os seus campos e daí por diante surgiu a matemática, e com isso, a escrita.

Além disso, os sumérios foram um dos primeiros povos a desenvolver a escrita.

Pesquisadores acreditam que tinha um objetivo: guardar as receitas de cerveja.

Confira a matéria completa na edição impressa do Correio do Povo! 

Galeria de Fotos

Foto 1
  • Compartilhe Essa Notícia
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter