Esporte

Dedé vibra com resistência do Prude à pressão no Barbosão: "o time está pegando um lastro"

Técnico julga que o time soube se portar bem na partida de ida das oitavas de final da Série Bronze, contra o CAC
André Demczuk, o Dedé, leva o Prude aos 92% de aproveitamento no estadual (Foto: Juliam Nazaré)

O Prudentópolis deu um grande passo para chegar nas quartas de final da Série Bronze do Campenato Paranaense de Futsal. No sábado (12), a equipe venceu o CAC, no Barbosão, em Cantagalo, por 5x3 e agora pode empatar na partida de volta para assegurar a classificação.

Soberania

A 19ª vitória do Prude em 21 jogos disputados neste estadual fez o time elevar ainda mais sua soberania em números perante os concorrentes. O clube treinado por André Demczuk, o Dedé, tem a melhor campanha, com 92% de aproveimento. O Operário Laranjeiras aparece em seguida, com 87%.

Dedé elogia postura

 

Com relação ao último triunfo, o técnico Dedé comemorou a boa atuação prudentense. Diante de um ginásio acanhado e tomado por torcedores do CAC, o time não se intimidou e conseguiu abrir, logo nos primeiros minutos de partida, 3x0 no placar. 

"Conseguimos controlar bem a partida, tirando o finalzinho, eles (CAC) não conseguiram criar muitas oportunidades, marcamos bem. A pressão foi grande, eu já sabia que a torcida seria participativa, mas assim mesmo soubemos nos portar. Nossa atuação no 1º tempo foi suficiente para abrirmos vantagem e ter uma postura mais fechada na etapa final", disse.

Dedé ainda entafizou que atmosferas de partida como a encontrada em Cantagalo deverão se tornar frequentes na rotina do Prude. "A pressão da torcida é importante, pois o time está pegando um lastro para o restante da competição". 

Jogo de volta pode ser adiantado

Inicialmente, a partida de volta, entre Prudentópolis e CAC estava marcada para o dia 26 de outubro, mas o clube mandante tenta adiantar a data, por conta de eventos que o Ginásio Gilmar Agibert, casa da equipe, será palco no dia previamente anunciado pela Federação Paranaense.