Editorial

Editorial - Um ano cheio

Bem já que o ano começa depois do Carnaval, achamos pertinente falarmos sobre 2018 neste editorial.

Para nós da Cantuquiriguaçu, o ano reserva uma série de eventos importantes.

Na setor de agronegócios, já começamos a contabilizar a safra 2017/2018 com perspectivas de redução na produção de grãos, proporcionada pelas adversidades climáticas.

Mesmo assim a expectativa é grande em relação à Expoagro 2018 que deve reunir milhares de pessoas nos três dias do evento que começa dia 1º de março com o Dia de Campo Coprossel.

E na área política, já foi confirmada a visita do ex-presidente Lula no dia 04 de março, no mesmo dia do encerramento da Expoagro 2018.

No esporte ficou definida a data o Jarcan’s 2018, o principal evento esportivo da região, que será realizado em Laranjeiras do Sul, entre os dia 27 de abril à 1º de maio e que reúne mais de 3 mil atletas de 20 municípios da Cantu.

Para este ano os dirigentes da Associação dos Dirigentes Desportivos da Cantu, a Adec, já anunciaram que haverá mudanças na formatação da competição, no entanto as novidades devem ser implantadas só no ano que vem.

Bem, passado nos Jarcan’s, teremos a Copa do Mundo, que deve alterar o nosso do brasileiro e a região não ficará fora disso.

Na área de eventos religiosos, teremos a festa da padroeira Santa’Ana, a festa do senhor Bom Jesus, nos dias 26 de julho e 06 de agosto respectivamente.

Nesta mesma época já estaremos vivendo o calendário eleitoral do pleito de outubro. Com visitas de candidatos, horário eleitoral, promessas e toda a idiossincrasia que o processo faculta.

E não podemos esquecer que 2018, foi instituído O Ano da Bíblia no Brasil. O projeto foi lançado em 10 de dezembro de 2017, no Museu da Bíblia, em Barueri (SP), pela Sociedade Bíblica do Brasil (SBB), cujo foco é promover o maior best seller de todos os tempos, e também comemorar seus 70 anos, que serão completados em 10 de junho.

Essa iniciativa, que está em sua segunda edição depois de 2008, contará com diversas festividades que serão divulgadas ao longo desse ano. Sendo que todas vão ser organizadas pelo Comitê Nacional de Referência, formado por cerca de 2.000 líderes, e também por comitês estaduais.

É... Com tantas emoções reservadas para o ano, será mesmo muito bom lembrar de Deus e rezar para espantar os males que porventura virão. Agora mais que rezar é preciso tera a consciência de escolher bem os nossos representantes, para não passarmos o 2019 se queixando dos nossos mandatários, pois os que estão lá, só o estão, porque fomos nós que os colocamos no poder.

Feliz 2018! E boa sorte!