Esporte

Ex-vice-presidente do Coronel Vivida, Rafa Tasca acerta com novo clube

Ele fez parte da campanha que levou os vividenses ao título da terceirona do estadual em 2018 com 85% de aproveitamento. Aos 26 anos, Tasca atuará como goleiro do CAC, de Cantagalo
Com 26 anos, Tasca vestirá a camisa do CAC, de Cantagalo (Foto: Vanderlei Lima/Rádio Voz do Sudoeste)

Rafa Tasca, o ex-vice-presidente do Coronel Vivida, que ajudou a levar o clube do Sudoeste ao título da Série Bronze de 2018 com 85% de aproveitamento, acertou seu retorno ao cenário do futsal, agora como atleta. Aos 26 anos, ele atuará como goleiro pelo CAC, de Cantagalo. 

Caras novas no Galo

No período de recesso entre o fim da 1ª fase e o início da próxima, o clube anunciou a chegada do técnico Paulo César Franco, o 'Fiapo'. O cargo estava com o interino Moisés Maximiano desde a saída de Felipe Quadri, no início de junho. Além de Rafa Tasca, o ala Mateus, ex-Pato e Paranaguá, também foi anunciado nesta quinta-feira (18).

O ala Chiquinho, um dos grandes destaques da campanha de 5º colocado no estadual do ano passado, e que estava lesionado, tem treinado normalmente e deve ser peça importante no time de Fiapo. A baixa fica por conta de Mortadela, artilheiro recebeu uma proposta do Palmas, que disputa a Série Ouro, e deixou a equipe.

O Galo do Centro-Sul está no Grupo I da 2ª fase da Série Bronze, ao lado de Arapongas, Pinhão, PYL, São João do Ivaí e Toledense. A estreia está marcada para sábado (20), em Ponta Grossa, contra o PYL