Saúde

Laranjeiras ainda possui vacina contra meningite

 

Diante dos últimos casos de morte por meningite, a população ficou em alerta com relação a doença e vem procurando as salas de vacinação para serem imunizados.
A Secretaria de Estado da Saúde do Paraná está pleiteando junto ao Ministério da Saúde o aumento no número de doses da vacina contra a meningite, que está em falta em alguns municípios. Emergencialmente, a secretaria fez o remanejamento dos estoques entre as várias Regionais de Saúde para evitar o desabastecimento, na medida do possível.
De acordo com a secretaria, o Paraná, assim como outros estados, está recebendo doses em quantidades insuficientes há mais de um ano. A demanda de meningogócica C conjugada é de 88 mil doses/mês e o ministério envia uma média de 66 mil, portanto, bem abaixo do necessário.

Calendário
As vacinas que fazem parte do calendário oficial são a Meningo C, a Pneumo 10-Valente, a Haemophilus influenzae e a BCG, que imuniza contra formas graves de tuberculose com possibilidades de evoluírem para meningite.
No caso da meningite do tipo B, a vacina não faz parte do calendário definido pelo Programa Nacional de Imunizações (PNI) do Ministério da Saúde. Por isso, não está disponível na rede pública.
Em Guarapuava, conforme o portal Rede Sul de Notícias, não há vacinas disponíveis contra a doença.
Já em Laranjeiras, conforme a enfermeira da vigilância Epidemiológica, Patricia Massuqueto, algumas unidades de saúde ainda possuem doses.
“Infelizmente estamos com algumas salas sem essa vacina. A situação deve ser regularizada a partir do dia 18 de março. Estamos esperando chegar na Regional de Saúde para trazermos para Laranjeiras e contemplar nossas salas de vacina”, conta Patricia.