Responsivo

ALP concede Título de Cidadania Honorária a Cida Borghetti

Sessão solene reúne lideranças políticas e familiares para homenagear a primeira mulher a governar o estado

A Assembleia Legislativa do Estado do Paraná realizou na última terça-feira (27) uma cerimônia especial para conceder o Título de Cidadania Honorária do Estado do Paraná à ex-governadora e ex-deputada estadual e federal, Cida Borghetti. O evento contou com a presença de parlamentares estaduais, amigos, familiares, empresários e lideranças políticas, tanto do Paraná quanto de outras regiões do país. Cida Borghetti, que foi a primeira mulher a governar o Estado do Paraná, recebeu a homenagem em um Plenário lotado, por iniciativa do deputado Adriano José (PP).

Agradecimentos

Durante o discurso de agradecimento, Cida Borghetti expressou sua gratidão aos familiares e amigos que contribuíram para sua trajetória pessoal, profissional e política no estado. Ela destacou seu compromisso contínuo com o Paraná e sua determinação em construir um futuro de prosperidade e realizações para todos os cidadãos. Além disso, relembrou os princípios que nortearam sua gestão como governadora, enfatizando o diálogo, a eficiência na gestão e o combate à corrupção como pilares de sua administração.

Bancada Feminina

Durante a solenidade, a Bancada Feminina da Assembleia Legislativa também entregou à Cida Borghetti o prêmio Rosy de Macedo Pinheiro Lima, uma premiação que homenageia mulheres que se destacam em suas atividades e representam a força e determinação feminina. O proponente da homenagem, deputado Adriano José, destacou a trajetória de realizações de Cida Borghetti em prol do estado, ressaltando seu compromisso com questões sociais, políticas e econômicas.

Autoridades presentes na cerimônia, como o presidente do Poder Legislativo, deputado Ademar Traiano, o governador do Estado, Carlos Massa Ratinho Junior, e o prefeito de Curitiba, Rafael Greca, elogiaram a contribuição de Cida Borghetti para o desenvolvimento do Paraná e destacaram sua liderança e dedicação à vida pública.

Paraná abre inscrições para intercâmbio de professores do ensino fundamental

Família

Além das autoridades, familiares e amigos também celebraram o legado de Cida Borghetti. Sua filha, a deputada Maria Victoria, ressaltou a importância da homenagem como reconhecimento não apenas da trajetória política, mas também do compromisso da homenageada em construir um estado mais justo e humano. O marido de Cida Borghetti, o secretário de Estado da Indústria, Comércio e Serviços, deputado federal Ricardo Barros, destacou o esforço e sacrifício envolvidos na vida política e celebrou os frutos colhidos por sua esposa ao longo de sua carreira.

Além disso, a presença de outras autoridades, como o vice-governador do Paraná, Darci Piana, e o prefeito de Maringá, Ulisses Maia, ressaltaram a importância de Cida Borghetti para o estado e para o município.

A cerimônia foi marcada por discursos que destacaram a trajetória e os feitos da homenageada, enfatizando sua contribuição para o desenvolvimento do Paraná.

Cida Borghetti, natural de Caçador (SC), é empresária, jornalista e graduada em Administração Pública pela Universidade do Sul de Santa Catarina (UNISUL). Sua carreira política teve início como militante do PDS Jovem, e ao longo dos anos, ela ocupou diversos cargos eletivos, tendo sido recordista de leis aprovadas e sancionadas na Assembleia Legislativa. Em abril de 2018, tornou-se a primeira mulher a governar o Estado do Paraná, deixando um legado de diálogo, eficiência na gestão e compromisso com o desenvolvimento do estado.