Vacinação contra a brucelose acontece em Reserva do Iguaçu

159 propriedades receberam visita e mais de 500 animais foram vacinados, além de terem sido oferecidos outros serviços ideias para a saúde do gado

Foram visitadas 159 propriedades em Reserva do Iguaçu. Mais de 500 animais foram vacinados, em todas as comunidades do interior. Também foram realizados serviços de mochação e diagnóstico de gestação, nesse caso, quando solicitado pelo produtor.

Como é recorrente nos meses de maio e novembro, quando acontece a campanha da Brucelose, são feitas as vacinações para combater a zoonose. Essa doença pode provocar graves problemas para o gado e também para as pessoas que tiverem contato com animais infectados. Outra forma de transmissão para as pessoas é através da ingestão de leite cru ou de produtos derivados que não tenham passado pelo processo correto e especifico de tratamento térmico; e também pelo consumo de carne crua.

A brucelose bovina, segundo estudos, afeta o gado leiteiro em cerca de 25% de perca na produção de leite e 15% na geração de bezerros. Ocorrência que provoca um enorme prejuízo financeiro, enquanto compromete a credibilidade do produtor e da saúde do gado, o que gera outras penalidades e barreiras no meio comercial.

Vacinação é a melhor opção

A vacinação é a melhor maneira de evitar que a brucelose infecte os animais. Como é uma doença sem cura e extremamente contagiosa, é obrigatório que sejam feitas medições de proteção dos rebanhos, comprovando a situação da saúde do animal por meio de um atestado expedido e assinado por um médico veterinário.

Outra medida necessária é a marcação dos animais vacinados, que deve ser realizada em uma única dose e somente nas fêmeas do rebanho com idade entre três e oito meses.

Para tomar as medidas, deve-se procurar a secretaria de Agropecuária e Desenvolvimento Rural, para que seja realizado um cadastro que forneça a retirada dos laudos dos animais vacinados.

Os profissionais que estiveram realizando a vacinação do mês de maio foram: o médico veterinário Jorge Luiz Zandonai De Lara, o auxiliar veterinário: Alan César Siqueira e como apoio, Jonacir Antunes.

Acompanhe nossas redes sociais e fique por dentro das novidades

 |   |   |   | 

Fique por dentro de todas

Se inscreva e receba as melhores notícias do Correio do Povo direto no seu e-mail