Responsivo

Rotary Club entrega 24 cadeiras à entidades e beneficiários

Por meio do programa ‘Mobilidade para Todos’, do total, 13 foram montadas e entregues para uso coletivo e 11, para uso individual. Todas são gratuitas

O Rotary Club de Laranjeiras do Sul, montou e entregou cadeiras de rodas, doadas pelo grupo Free Wheelchair Mission (FWM), que integram o programa ‘Mobilidade para Todos’, na última semana. Ao todo, 24 cadeiras sem custo foram entregues à entidades, como Hospital São Lucas e São José, Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais de Nova e Laranjeiras e Casa de Repouso São Francisco Xavier, e beneficiários.

Objetivo
De acordo com a responsável pelo projeto no clube de Laranjeiras do Sul, Milene Pozzer, o objetivo principal desse projeto é dar qualidade de vida aos usuários, fazendo com que ele tenha mobilidade e abra portas para a comunidade. “Com a cadeira de roda, o contemplado poderá se locomover mais facilmente e assim, ter independência. Além disso, as famílias também encontram mais agilidade e bem-estar”, disse ela.

Mobilidade para Todos
Segundo ela, o programa tem várias etapas antes da entrega das cadeiras. “O Rotary Clube de Laranjeiras faz um cadastro e um treinamento para montagens das cadeiras com o Rotary Clube de Maringá. O primeiro passo é a identificação se é pessoa fisica ou jurídica. Se algumas pessoas possuem necessidade especial ou medições e especificações para cada caso, se encaixam na pessoa física. Na jurídica, as cadeiras que são de uso coletivo, precisam ter uma justificativa, mostrando que são para mais pessoas e quantas farão uso destas”, detalha.
Na sequência dessas identificações, solicitam-se as cadeiras dentro do site do projeto. Para as pessoas com necessidades únicas, as cadeiras são enviadas já adequadas. As de uso coletivo, são montadas no clube de Laranjeiras. “Para que as cadeiras seja entregues com o melhor conforto e visem a qualidade de vida do paciente, uma vistoria é feita pelo clube de Maringá, já que o grupo FWM, faz uma exigência de auditoria para ter certeza que está dentro dos padrões”, pondera Milene.
Nos casos de falecimento ou mudança de cidade, as cadeiras são redirecionadas para outras pessoas que possuam as mesmas especificações de medidas.
Milene ressalta que o trabalho dos rotarianos é voluntário. “Eles disponibilizam tempo para os treinamentos, nas visitas na busca do usuário, na montagem da cadeira e as entregas”, disse ela.

Cronograma
Segundo a responsável, os cadastros para obter os itens são feitos em outubro e novembro, e a partir de janeiro as cadeiras chegam para montagem. “Iniciamos 2024 com a chegada destes itens que são muito importantes. Das 24 no total, 11 eram para portadoras de necessidade especial”, ressalta.
Milene destaca que o clube de Laranjeiras é bem empenhado tanto no cadastro, quanto na montagem das cadeiras. “Esse é um projeto muito importante pro clube, já que transforma efetivamente a vida das pessoas, dando a possibilidade de maior mobilidade para elas e trazendo conforto. Todos os anos solicitamos as cadeiras e daremos continuidade a este projeto”, finaliza.