Aplicativos que você jamais deve baixar no seu celular

Com milhões de apps disponíveis nas lojas oficiais do Android e do iOS, é normal ficar tentado a baixar muitos

Com milhões de apps disponíveis nas lojas oficiais do Android e do iOS, é normal ficar tentado a baixar muitos deles, principalmente depois de comprar um celular novo e com muito espaço de armazenamento disponível. Mas o que parece ser uma boa ideia para facilitar a sua vida, pode acabar resultando em um grande incomodo.

Em meio a tanta oferta de aplicativos para smartphones, alguns deles trazem ameaças disfarçadas. Ao instalá-los em seu dispositivo, você abre caminho para vírus e outros tipos de malwares, capazes de roubar dados pessoais e senhas, rastrear os seus passos e de causar muitos prejuízos.

Para manter a sua segurança e privacidade, é bom evitar a instalação de determinados softwares. Conheça, a seguir, alguns tipos de aplicativos para não baixar no smartphone.

Apps de lanterna e outros recursos nativos

Apesar de ter a função lanterna disponível nativamente no celular, muitas pessoas baixam apps de terceiros que trazem essa ferramenta. O mesmo vale para o teclado e vários outros recursos, geralmente encontrados em aplicativos lotados de anúncios e com permissões invasivas.

Para utilizá-los, você precisa permitir o acesso à lista de contatos e à localização, entre outros dados, colocando sua privacidade em risco. Além disso, eles vão ocupar parte do armazenamento desnecessariamente, uma vez que o telefone já possui tais funcionalidades instaladas de fábrica.

Antivírus desconhecidos

Instalar antivírus no celular é uma prática que divide opiniões. Enquanto uns defendem o uso dos programas de segurança, buscando maior proteção contra os perigos online e também em casos de roubo do smartphone, outros acreditam que o próprio sistema operacional dá conta do recado, principalmente no iPhone.

Se você prefere não abrir mão dessa ajuda extra, tenha cuidado ao escolher um antivírus para smartphone, evitando baixar versões de desenvolvedores desconhecidos. Esses softwares costumam coletar muitos dados do usuário e não explicam o que fazem com eles, podendo esconder várias armadilhas disfarçadas de proteção.

Apps para limpar a memória do celular

Há uma grande oferta de apps para liberar a memória do celular, que atraem novos usuários com a promessa de tornar o aparelho mais rápido. Entretanto, tais programas não trazem nenhuma novidade, contando apenas com soluções genéricas, servindo para atrapalhar ainda mais o desempenho.

Em vez de instalar esses softwares “mágicos”, faça você mesmo a limpeza do dispositivo. Uma maneira simples de otimizar o funcionamento é excluir os apps pouco usados. Também é interessante limpar o cache dos aplicativos e salvar arquivos na nuvem, aproveitando ferramentas do próprio sistema.