Responsivo

Assistência Social de Reserva do Iguaçu adquire R$ 25 mil em brinquedos para programa ‘Primeira Infância’

A pasta recebeu o montante de R$ 75 mil. Com o investimento, o Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos e Cmeis serão beneficiados

A secretaria de Assistência Social de Reserva do Iguaçu adquiriu brinquedos pedagógicos que serão destinados ao programa ‘Primeira Infância’.
A ação beneficiará o Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV) e os Centros Municipais de Educação Infantil (CMEI). A medida foi possível graças ao recurso advindo do Sistema de Desenvolvimento Social e Família (SIFF), que totaliza R$ 75 mil.

Ampliando a educação

Conforme a secretária da pasta, Cirene Antunes da Rosa, os brinquedos, adquiridos por meio de um financiamento estadual, foram selecionados cuidadosamente para atender às necessidades pedagógicas das crianças, visando promover o aprendizado, a socialização e o fortalecimento dos laços familiares. “Parte dos brinquedos será direcionada à implantação de uma brinquedoteca no Centro de Referência da Assistência Social (CRAS), onde crianças de zero a seis anos poderão usufruir de atividades lúdicas e educativas”, destaca.

Cirene expõe que os Centros Municipais de Educação Infantil também receberão parte dos brinquedos, enriquecendo o ambiente educacional e proporcionando novas possibilidades de aprendizado para os alunos.

“Essa iniciativa só foi possível graças à deliberação do Conselho da Criança e do Adolescente, que compreendeu a importância de compartilhar recursos com toda a rede de educação infantil, garantindo assim um impacto positivo em um maior número de crianças”, conta a secretária.

Repasse de valores

O montante total destinado ao programa ‘Primeira Infância’ é de R$ 75 mil, que foram divididos em três blocos de aplicação, de R$ 25 mil.

A secretária ainda agradeceu aos conselheiros por compreenderem a demanda das crianças de Reserva e ressaltou a importância desse investimento no futuro da região, garantindo um ambiente mais rico e estimulante para o crescimento e desenvolvimento das crianças. “Essa medida, fundamentada na Deliberação 047/2022 do CEDCA/PR, demonstra o compromisso em oferecer oportunidades de aprendizado e cuidado adequados para as crianças em sua primeira infância, contribuindo para uma sociedade mais inclusiva e preparada para o futuro”, finaliza Cirene.