Responsivo

Candói encerra entrega de insumos do programa ‘Campo Forte’

No total, 690 famílias de 50 comunidades foram beneficiadas com sacas de adubo, ureia, sementes e calcário

A prefeitura de Candói, por meio da secretaria de Agricultura e Pecuária, encerrou no último dia 6, as entregas da edição deste ano do programa ‘Campo Forte: Candói Desenvolvido’. Mais uma vez, a ação atendeu as expectativas da gestão.

Segundo o assessor especial de governo Gilvan Francisco Czarnieski, foram feitas 11 entregas, contando com grande adesão e avaliação positiva por parte das comunidades beneficiadas . “Tivemos algumas transferências por conta da chuva, mas finalizamos todas as entregas”, conta Gilvan.

Edição 2022

As entregas do Campo Forte deste ano tiveram um acréscimo em relação ao ano passado, quando, com 500 alqueires, 576 famílias foram atendidas. Neste ano, o número aumentou para 600 alqueires, que compreenderam a entrega à 690 famílias.

Cada agricultor recebeu, por alqueire, 14 sacas de adubo, nove sacas de ureia e três pacotes de sementes. Nesse ano, também foi incluído o calcário, que é espalhado nas propriedades dos agricultores. “Aonde não entra o caminhão, nós entregamos calcário em bag, correspondendo a oito toneladas por alqueire”, explica Gilvan.

O programa atendeu as seis regiões administrativas do município: Cachoeira, Rio Novo, São Pedro, Paz, Sede e Lagoa Seca. Dessas regiões, 50 comunidades foram beneficiadas. “Foi um sucesso. Disponibilizamos aos nossos agricultores recursos que passam os R$ 6,4 milhões, tudo a custo zero ao produtor”, destaca o assessor.

Avaliação e adequação

Com o fim das entregas, estão sendo realizadas reuniões para discutir a adequação do programa para o ano que vem. Em 2022, muitos produtores de leite foram deixados de fora. O próximo passo do Campo Forte é atender mais estes produtores.

Os envolvidos no programa ainda vão visitar as propriedades para fazer os laudos de plantio, vegetativo e de colheita, a fim de avaliar o desempenho da produção.