Cidade dos Lagos contará com o primeiro bairro 5G do Brasil

Guarapuava está entre as primeiras cidades paranaenses a contar com a tecnologia

Nesta quinta-feira (4), será assinado o contrato entre a Ligga Telecom e a Cidade dos Lagos, onde será implementado o primeiro bairro planejado e inteligente de Guarapuava ocm a tecnologia 5G. O objetivo da cidade é ser referência em inovação e sustentabilidade.

“Compreendemos que tínhamos um potencial elevado na localidade, com plenas condições de ser um grande fornecedor de tecnologia, que os proprietários e locatários que ali se estabelecerem, ou onde já se encontram, poderão contratar, se assim desejarem. Os empreendedores querem que a Cidade dos Lagos seja um bairro altamente tecnológico e organizado e a Ligga vai ser uma aliada nesse processo”, afirma Ricardo Montanher, diretor de Vendas B2B Ligga Telecom.

O portfólio da empresa inclui internet fibra óptica de até 600 mega, banda larga corporativa, internet dedicada e data center. Baixa latência, velocidade constante e estabilidade são algumas das vantagens da internet da Ligga. No 5G, a companhia irá atender a cerca de 46% da população de todo o território nacional, englobando Paraná, São Paulo e estados da região Norte do país.

Com a parceria firmada, os próximos passos do projeto são os estudos para a implementação completa dos serviços da Ligga na Cidade dos Lagos.
A Ligga é fruto da fusão de várias empresas (as ex-estatais Copel Telecom e Sercomtel, a Horizons e a Nova Fibra) e já é uma das grandes companhias de tecnologia do Brasil, sendo a maior do Paraná. Em 2020, a então Copel Telecom foi privatizada pelo governo do
Paraná.

Em novembro de 2021, o grupo venceu a disputa por uma das maiores licenças de 5G, no maior leilão da história da Anatel onde foram arrematadas licenças para oferecer serviços de telefonia nas regiões Sul, Sudeste e Norte. Com isso, a empresa passou a ser uma das maiores operadoras de telecomunicações do país e alcança a marca de R$ 6 bilhões de valor de mercado. O plano de investimentos do grupo para os próximos anos é da ordem de R$ 2 bilhões. Desses, R$ 600 milhões serão para a ampliação da infraestrutura no Paraná.

Acompanhe nossas redes sociais e fique por dentro das novidades

 |   |   |   | 

Fique por dentro de todas

Se inscreva e receba as melhores notícias do Correio do Povo direto no seu e-mail