O mundo das orquídeas

As orquídeas são uma paixão dos brasileiros quando o assunto é flores. Além de delicadas e exóticas, suas cores deixam

As orquídeas são uma paixão dos brasileiros quando o assunto é flores. Além de delicadas e exóticas, suas cores deixam o ambiente mais alegre e enfeitado.
Segundo a vendedora Beatriz Luz, da floricultura Verde Sul de Laranjeiras do Sul, existem mais de 50 mil espécies e cores diferentes. “Tanto Phalaenopsis, Cimbidiuns,Denfal, Dendobrium, Katléia, Sapatão, Sapatinho e Vanda, cada uma com sua beleza e encanto, e as flores são muito atraentes”.

As orquídeas são típicas de regiões de clima tropical, embora possam ser encontradas em todos os continentes. O Brasil, por exemplo, é um país onde  encontramos grande quantidade e variedade de orquídeas.

Elas são admiradas em função da beleza incomum das flores, que são adaptadas para a polinização por insetos. Cada espécie possui um formato e combinação de cores diferentes. Passam uma sensação de delicadeza e exotismo. A maioria das espécies possui caule ou folhas verdes, com presença de clorofila.

A arte de cultivar orquídeas é conhecida como orquidofilia e os criadores são chamados de orquidófilos. Estes já criaram várias espécies híbridas.

Cuidados
Para ter sempre orquídeas lindas o ideal é manter os cuidados necessários, e entre as dicas de cuidados está luz, pois é importante lembrar que elas recebam sua dose diária. No entanto, não se deve colocar os vasos em lugares onde o sol é direto.

Beatriz explica que local bem iluminado é o mais indicado. “Será melhor optar por cômodos bem iluminados, mas que o sol não entre de forma muito agressiva. Isso pode matar sua orquídea em pouco tempo”.

Saber como regar as orquídeas também é muito importante. O excesso de água pode ser mortal, então apenas uma vez por semana é o suficiente.

Adubação
Quando as plantas são jovens, podemos usar fórmulas mais ricas em nitrogênio, que estimulam o crescimento. “Fómulas equilibradas são melhores para a manutenção das [plantas] adultas. Existem fórmulas mais ricas em fósforo, que estimulam o período de floração das orquídeas”, explica a vendedora.
Ela comenta também a respeito da manutenção, “É essencial ficar de olho nas indicações de replantio, que podem ter as raízes prejudicadas ou a falta de espaço, por isso depois de algum tempo é preciso replantá-las para que elas se fortaleçam e floresçam cada vez mais”.

Curiosidades

Muitas pessoas não sabem que a baunilha é também uma espécie de orquídea. Hoje ela é altamente valorizada no mundo gastronômico e na indústria da beleza. Curiosamente, é também a espécie de orquídea mais cultivada no mundo.

Diz-se que as orquídeas têm certa semelhança com as linhas do corpo humano, principalmente com o rosto. Além disso, também é uma flor simétrica, porque se uma linha vertical é desenhada exatamente no meio da flor, dois lados exatamente iguais serão obtidos.