Programa Renda Agricultor Familiar fica em 3º lugar no Prêmio Estratégia ODS 2022

Integrante do Programa Nossa Gente Paraná, Renda Agricultor Familiar ficou entre as três melhores práticas do poder público em premiação nacional

Programa Renda Agricultor Familiar ficou com a 3ª colocação na categoria de práticas do setor público do Prêmio Estratégia ODS (Objetivos de Desenvolvimento Sustentável) 2022. O projeto do Governo do Estado é um dos eixos do programa Nossa Gente e recebeu investimento de R$ 18 milhões para atender 6.944 famílias dos 156 municípios do Paraná que possuem os indicadores sociais e econômicos mais críticos.

A execução do projeto é realizada pela Secretaria de Agricultura e do Abastecimento (Seab) e Instituto de Desenvolvimento Rural do Paraná Iapar-Emater (IDR-Paraná). “É um modelo vitorioso, com sensibilidade social e que ganha força, reconhecimento, e proporciona às famílias um projeto de vida melhor, com o esforço de toda a nossa equipe. As parcelas vulneráveis da população precisam desse olhar mais atencioso”, disse o secretário estadual da Agricultura e do Abastecimento, Norberto Ortigara.

Prefeituras dos municípios que participam da ação também são parceiras, por meio dos Centros de Referência de Assistência Social (Cras). Os recursos do programa são fruto de um contrato com o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) e de contrapartida via Tesouro do Estado e Fundo Estadual de Combate à Pobreza.

Como funciona

O projeto consiste em um trabalho de assistência técnica e extensão rural, realizado por um extensionista do IDR-Paraná. Este profissional desenvolve com a família atendida uma unidade produtiva familiar, que pode abranger atividades em três áreas: saneamento básico (construção ou melhoria de banheiro, proteção de fontes, destinação adequada das águas usadas), produção para autoconsumo (avicultura, horticultura, fruticultura, entre outros) e apoio a processos produtivos (geração de renda por meio de atividades agrícolas e não agrícolas).

Para subsidiar essas atividades, cada família recebe um auxílio financeiro de R$ 3 mil, divididas em três parcelas de R$ 1 mil. O projeto é focado nos 156 municípios prioritários de regiões com baixo Índice de Desenvolvimento Humano (IDH), direcionado para famílias rurais com renda per capita mensal de até R$ 210. Elas devem estar cadastradas no Cadastro Único (CadÚnico) do governo federal.

Acompanhe nossas redes sociais e fique por dentro das novidades

 |   |   |   | 

Fique por dentro de todas

Se inscreva e receba as melhores notícias do Correio do Povo direto no seu e-mail