Falando de procrastinação

Caros leitores, vamos conversar hoje sobre dois rivais que lutam pelo controle da nossa vida: preguiça e o trabalho. Presos

Caros leitores, vamos conversar hoje sobre dois rivais que lutam pelo controle da nossa vida: preguiça e o trabalho. Presos numa luta amarga de tudo ou nada, cada um deles usa as mais eficazes armas para nos seduzir, a fim de que tomemos partido contra o outro. A preguiça cobiça mais não realiza nada, não conclui nada e adia “talvez amanhã” ou ainda procrastina (essa é a palavra da moda). Quando esse rival ganhou a batalha vê comemora os benefícios do discando e do relaxamento, a importância de desfrutar do agora, em vez de pensar no futuro.

Se reconhecemos que essas atitudes a longo prazo nos prejudicam então porque não nos decidimos imediatamente em favor da diligencia, porque a procrastinação parece ser tão atraente?

Uma questão que merece atenção é que podemos ter estabelecido objetivos não realista:

Podemos ter esquematizado uma ação ou projeto razoável porem não estamos plenamente convencidos de que pode funcionar, por exemplo, eu estou escrevendo um livro, me propus a fazer isso em 5 semanas, o plano está certo a ideia é boa porem dependo de fatores como a criatividade que me fazem duvidar da minha capacidade, então não me empenho, pois parto da ideia de que posso fracassar.

A dica de ouro é analisar minuciosamente seu projeto, a partir desta avaliação ajuste as ações e suas expectativas pensando na sua realidade, isso torna as exigências mais razoáveis e você tende a se sentir mais motivado.

 Se ainda assim a motivação não chegar, avalie se realmente este projeto faz sentido pra sua estória de vida? se ele trará realização para você ou para a aprovação e aceitação daqueles que estão por perto?

Seja integro com você, se realmente acredita que vale a pena fazer determinada coisa siga em frente, porem se lá no fundo sempre arruma desculpas e sabe que não vale a pena determinado projeto, livre-se dessa enrascada. Admita, que o projeto em questão não é a forma com que quer gastar o seu tempo. Quando fizer isso se sentirá muito melhor, apenas lembre-se que escolhas tem consequências quando as estiver vivendo não apresente desculpas você estará colhendo aquilo que plantou.

Te espero na terapia, até a próxima.

@neziapsicologa.

Acompanhe nossas redes sociais e fique por dentro das novidades  Facebook |  Twitter |  YouTube |  Instagram. Também temos nosso grupo de notícias no  Whatsapp, todo dia atualizado com novas matérias.

Fique por dentro de todas

Se inscreva e receba as melhores notícias do Correio do Povo direto no seu e-mail