QUANDO OS PAIS VÃO EMBORA…

Quando as festas de fim de ano vão chegando, lembramos de tantas coisas boas, eu principalmente me lembro dos momentos

Quando as festas de fim de ano vão chegando, lembramos de tantas coisas boas, eu principalmente me lembro dos momentos felizes que passei com meus pais no Paraguai. Por isso, quando os pais morrem, nada é igual novamente. Não podemos mais ser crianças, não nos sentiremos cobertos por seus abraços, seus beijos e suas palavras de encorajamento.

Parece que a vida se torna mais difícil porque seu abrigo não está mais ao nosso lado.

ÓRFÃOS DA PRÓPRIA IDENTIDADE

Quando os pais não estão mais conosco, ficamos órfãos da nossa própria identidade, e isso é extremamente difícil, não importa quantos anos você tem. Mesmo que você tenha sua família criada, a figura de seus pais estará sempre ao seu lado, ou pelo menos, você os tem presentes na sua mente.

APROVEITE ENQUANTO HÁ TEMPO

Todas as pessoas, mesmo sendo adultos, têm aquela criança viva dentro de nós que quer ser protegida o tempo todo por seus pais. Por isso, entregue-se ao amor incondicional deles sempre que necessário, pois, quando eles partirem, essa opção não será mais possível.

EVIDÊNCIAS A SEMANA

A decoração natalina da cidade ficou muito linda. O bom atendimento no supermercado Rede Lar. A qualidade dos produtos da Estoflar. O show de alto nível da Ballerina.

Acompanhe nossas redes sociais e fique por dentro das novidades  Facebook |  Twitter |  YouTube |  Instagram. Também temos nosso grupo de notícias no  Whatsapp, todo dia atualizado com novas matérias.

Fique por dentro de todas

Se inscreva e receba as melhores notícias do Correio do Povo direto no seu e-mail