Dicas para economizar no supermercado e não afetar tanto o orçamento

O brasileiro tem enfrentado dificuldades financeiras para realizar as compras com o dinheiro disponível

Faz alguns meses que o consumidor vem lidando com o aumento dos preços no país. Este cenário tem afetado diretamente o bolso da população, inclusive no momento das compras.

Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), no acumulado de 12 meses até abril deste ano, a inflação oficial do país subiu 12,13%, o que contribuiu diretamente para o aumento de todos os produtos.

Apesar de o custo de vida aumentar, grande parte dos salários não segue essa tendência. Diante disso, o brasileiro tem enfrentado dificuldades financeiras para realizar as compras com o dinheiro disponível.

Confira algumas dicas de como minimizar a alta dos preços nos supermercados

•Pesquise bastante: para economizar nas compras, é importante pesquisar bastante. Os preços podem ser pesquisados pela internet, pelos comerciais na TV e panfletos recebidos, por exemplo.

•Aproveite o dia de promoções: diversos supermercados possuem dias especiais para dar descontos. Conforme o próprio cardápio e lista de compras, o consumidor pode decidir o dia que é mais vantajoso.

•Leve em conta outras marcas: muitos associam marcas famosas com qualidade. No entanto, nem sempre isso procede. Diante disso, o consumidor pode dar uma chance para marcas próprias do supermercado, por exemplo. Elas tendem a ser mais baratas.

•Evite desperdiçar: o consumidor pode aproveitar folhas, cascas e talos. Esses itens podem ser reinventados ou reaproveitados.

•Considere itens perto do vencimento: os itens perto do vencimento tendem a oferecer descontos vantajosos. As condições especiais também podem ser vistas em produtos com embalagens amassadas, mas sem ter a qualidade comprometida.

•Compre produtos da estação: para consumir produtos frescos gastando menos, vale comprar frutas, legumes e verduras da estação. Além de economizar, a pessoa ainda poderá se manter mais saudável.

•Aprenda a guardar as compras: quando chegar em casa com as compras, vale guardá-las da forma certa, para assegurar o consumo adequado e a rotatividade dos itens. Assim, o consumidor evitará desperdícios. Os itens perceptíveis, e também os abertos ou em uso, podem ficar na frente.

Acompanhe nossas redes sociais e fique por dentro das novidades

 |   |   |   | 

Fique por dentro de todas

Se inscreva e receba as melhores notícias do Correio do Povo direto no seu e-mail