Investimentos do Estado vão estimular a retomada econômica

O Governo do Estado projeta executar um amplo programa de investimentos públicos em 2021 para estimular ainda mais a retomada

O Governo do Estado projeta executar um amplo programa de investimentos públicos em 2021 para estimular ainda mais a retomada da economia paranaense, e acelerar o desempenho econômico positivo do final do ano passado, que registrou alta no Produto Interno Bruto (PIB) e bons dados de emprego, exportações e produção industrial.
A previsão para o ano é aplicar R$ 10,8 bilhões, sendo R$ 3,7 bilhões em recursos próprios do Executivo, além de R$ 3,4 bilhões das empresas públicas, entre elas a Portos do Paraná, Sanepar, Copel, Celepar, Ceasa e Tecpar. Há, ainda, R$ 3,7 bilhões captados em operações de crédito com execução em andamento.
O montante de investimentos está previsto no Orçamento aprovado pela Assembleia Legislativa em 2020, que leva em consideração mais um ano de dificuldades de arrecadação e incertezas mundiais, principalmente diante da eventual necessidade de aquisição de mais insumos para a saúde pública para vencer a pandemia.
Mesmo com as dificuldades impostas, o Estado projeta aplicar R$ 3,710 bilhões em recursos do tesouro. O recurso é pouco maior do que o previsto para 2020 (R$ 3,701 bilhões) e representa 7,8% do total da arrecadação estimada para este ano (R$ 47,1 bilhões).
O valor dará suporte para a execução de programas e ações das secretarias de Estado, e permitirá a reforma e construção de escolas e unidades de saúde, compra de equipamentos, veículos, novas moradias populares e infraestrutura para facilitar o dia a dia dos cidadãos em seus municípios.