Veto comemora volta da Caçula e mira acesso na Série Prata Feminina

Treinador dirigiu o time de Cantagalo em 2019, quando foi 5º colocado na Série Ouro, e que retoma trajetória após um ano inativo

Cantagalo seguirá no mapa do futsal paranaense. Mesmo com a saída do CAC da Série Bronze Masculina, o município será representado pela Caçula, na Série Prata do estadual feminino.
O clube, do bairro de mesmo nome, disputou a Série Ouro da categoria em 2019, conquistando o 5º lugar. No ano passado, havia confirmado a participação na elite, mas desistiu em razão das dificuldades financeiras acarretadas pela pandemia.


Série Prata

Para 2021, a Federação Paranaense de Futebol de Salão (FPFS) anunciou a criação da segunda divisão feminina. A Série Ouro passa a ser disputada pelos oito clubes melhores colocados em 2020, sendo que os demais passam a integrar a Série Prata. A Caçula, como não disputou o certame no ano passado, retoma sua trajetória na segundona.

Os treinamentos iniciaram há três semanas e acontecem todos os dias. O time, que tem como casa o Ginásio Barbosão, é formado exclusivamente por atletas da cidade – tendo a mesma base de 2019 – e espera voltar à Série Ouro conquistando o acesso. O técnico será o mesmo de 2019: Everton Paulino de Mattos, o ‘Veto’. Ele é a referência cantagalense quando se trata de liderar uma equipe de futsal. Veto dirigiu também o CAC nas Séries Bronze de 2018 e 2020.

Ele, que além da rotina de treinamentos atua auxiliando a diretoria na busca por patrocínios, acredita que a criação da Série Prata foi benéfica para a Caçula. “É difícil iniciar um projeto e logo de cara medir forças com Cianorte e Telêmaco Borba, referências nacionais. Ajuda até do ponto de vista financeiro, já que no primeiro ano podemos ter um orçamento modesto, fazer uma boa campanha e atrair mais investimentos para a próxima temporada”.


CAC

Veto também comentou sobre o fim das atividades de seu-ex clube, o CAC. Em entrevista ao Correio do Povo do Paraná, ainda no início de fevereiro, o presidente do Galo, Izaias Sirigalli, confirmou a saída do time da Série Bronze Masculina e disse que não pretendia procurar a prefeitura para conversar sobre uma possível parceria.

“Não estou por dentro dos acontecimentos relacionados ao CAC, mas pelo que sei há um interesse da secretaria de Esportes de que Cantagalo tenha um time masculino no Paranaense, independente de qual clube que for, pode até ser a Caçula”.