Laranjeiras: vereadores pedem providências visando ligações de luz na Vila São Miguel

Os vereadores buscam uma solução para o problema da falta de energia elétrica em algumas residências situadas em uma invasão na localidade

Os vereadores da atual legislatura, atendendo solicitação dos moradores da Vila São Miguel, no bairro São Francisco, estão buscando uma solução para o problema da falta de energia elétrica em algumas residências situadas em uma invasão na localidade. Na sessão ordinária 021/2022, desta segunda-feira (4), durante as considerações, o presidente do Legislativo, Carlos Alberto Machado (Magrão) e demais vereadores reiteraram o pedido de providências ao Poder Executivo Municipal sugerindo que a prefeitura realize acordos junto à Copel para que a circunstância seja regularizada.

Em maio o presidente já havia realizado um levantamento do cadastro das famílias e encaminhado ofício à administração. A mesa diretora coletou 58 fichas contendo nome, CPF, RG e endereço dessas pessoas a serem favorecidos. “Para conhecimento, alguns moradores contam com o benefício da água pela Sanepar, compartilhando com os moradores vizinhos de modo provisório”.

O Ofício, n° 022/2022, enviado ao Poder Executivo explicou que a necessidade é uma urgência já que os residentes estão usando precariamente a energia por meio dos chamados “gatos”. “Um caminho para solucionar a situação seria aguardar o documento regularizando os terrenos, mas pela questão burocrática, que demanda tempo, o Poder Legislativo busca este caminho junto à administração municipal para que haja providência o quanto antes”.

O prefeito Berto Silva já havia anunciado após receber o novo gerente regional da Copel, que discute a colocação de padrões de energia no local. Conforme o chefe do Poder Executivo a demanda é recorrente e, portanto, a administração pretende sanar o problema o mais breve possível.

Acompanhe nossas redes sociais e fique por dentro das novidades

 |   |   |   | 

Fique por dentro de todas

Se inscreva e receba as melhores notícias do Correio do Povo direto no seu e-mail