Os aumentos no preço da gasolina em Laranjeiras

“Sabemos da necessidade em encher o tanque com a alta de preços anunciada, portanto aguardamos um tempo para modificar os valores”, conta a proprietária do Lalaco

A Petróleo Brasileiro S.A (Petrobras) anunciou quinta-feira (10), os reajustes de preços de venda de gasolina e diesel para as distribuidoras após 57 dias sem aumento.

Em Laranjeiras, os preços nos postos da BR aumentaram ainda no período da quinta-feira.
Em entrevista ao Correio do Povo, a proprietária do Auto Posto Lalaco, Tatiane Lipski, conta sobre a oferta e procura a fim de encher o tanque. “Desde o anúncio da mídia, nosso posto teve até fila para abastecer”.

Segundo Tatiane, em respeito ao cliente, o Lalaco aumentou o preço somente na manhã de ontem.

“Sabemos da necessidade do cliente em encher o tanque nessa alta anunciada pela Petrobras, por isso aguardamos um tempo para modificar os valores”.

Variação
O preço médio de venda da gasolina às distribuidoras passará de R$ 3,2 para R$ 3,8 o litro.

“Considerando a mistura obrigatória de 27% de etanol anidro e 73% de gasolina para a composição comercializada nos postos, a parcela no preço ao consumidor passa de R$ 2,3, em média, para R$ 2,8 a cada litro vendido na bomba. Uma variação de R$ 0,44 por litro”, informou o comunicado da Petrobras.

Votação
A Câmara dos deputados aprovou na quinta-feira (10), o texto-base para a criação de um Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) único sobre os combustíveis. A medida que conta com o apoio do governo de Bolsonaro tenta conter a escalada dos preços. A proposta já havia sido aprovada mais cedo em votação no Senado e será enviada à sanção presidencial. O Projeto de Lei Complementar (PLP) nº 11 estabelece um valor único de imposto por litro de combustível. Na dinâmica atual, o imposto cobrado é um percentual do valor do combustível. É por isso que, sempre que o preço do petróleo sobe no mercado internacional ou o valor do dólar ante o real aumenta, a arrecadação de ICMS sobre combustíveis também cresce.

Acompanhe nossas redes sociais e fique por dentro das novidades  Facebook |  Twitter |  YouTube |  Instagram. Também temos nosso grupo de notícias no  Whatsapp, todo dia atualizado com novas matérias.

Fique por dentro de todas

Se inscreva e receba as melhores notícias do Correio do Povo direto no seu e-mail