Pré-candidato pelo NOVO, Dirceu Soligo fala do partido e de suas bandeiras

“Nós defendemos um estado menos intervencionista, menos pesado sobre o pagador de impostos”

No início desta semana, o pré-candidato a deputado estadual pelo NOVO, Dirceu Soligo, visitou o jornal Correio do Povo, onde na oportunidade falou sobre o partido e sua candidatura. Dirceu é natural de Pérola d’Oeste e reside atualmente em Cascavel. Fez carreira na área farmacêutica, atuando por mais de 30 anos como representante de um laboratório multinacional.
O pré-candidato conta, que sempre atuou como voluntário em atividades de diversas entidades. “Eu fui desenvolvendo essa veia política, mas nunca havia me filiado a nenhum partido. Até que um dia decidi que precisava ir para a política, porque afinal, todas as decisões acabam sendo interferidas por decisões políticas”.
Conforme Dirceu, foi em 2015 que encontrou o partido NOVO, que ainda estava sendo constituído. “Entrei em contato com as lideranças e acabei levando a ideia para Cascavel, formando assim um núcleo, onde assumi a liderança regional e posteriormente me tornei vice-presidente estadual do NOVO”.
Quando decidiu concorrer à eleição, Soligo se afastou da liderança do partido, pois segundo ele, esta é uma das exigências do NOVO. “Fiz um curso de formação de liderança política pela Fundação do Partido Novo e um processo seletivo, outra condição do partido para quem deseja ser candidato. Então, passei por três provas de alinhamento de conhecimento e das competências e fui aprovado”.
Dirceu faz questão de salientar que o Partido NOVO não utiliza dinheiro público, não fazendo uso de fundão eleitoral. “É um novo jeito de política, novas maneiras e com novas pessoas. A política não deve ser uma profissão, mas sim uma doação para ajudar a sociedade. O NOVO não permite mais de uma reeleição para o mesmo cargo, justamente pra evitar esse carreirismo político”.
O pré-candidato explica que o NOVO é um partido liberal de direita. “Nós defendemos um estado menos intervencionista, menos pesado sobre o pagador de impostos”.
Segundo Dirceu, entre suas principais bandeiras estão a desburocratização do estado. “Isso inclui definir reformas tributárias, facilitando assim para quem quer trabalhar, empreender e gerar renda”. A segunda bandeira seria a educação básica de qualidade, ensino fundamental e médio. “O Brasil só dará um salto como nação, quando houver investimentos pesados em educação, o caminho é o ensino”. Dirceu destaca também a saúde pública de qualidade e outra grande bandeira que é o agronegócio. “Defendo a melhoria da infraestrutura do nosso Estado, facilitando o escoamento da produção. Essa é justamente uma veia forte que tenho, pois sou filho de agricultores, fiz técnico em agropecuária e trabalhei nessa área”, afirma o candidato do NOVO.
“Serão essas quatro bandeiras que eu defenderei com prioridade e com atenção sempre para que as contas públicas contas do Estado estejam em dia, diminuindo os gastos do alto escalão do serviço público e de políticos”.
Dirceu encerra fazendo um convite para as pessoas que desejam conhecer ou fazer parte do Partido NOVO. (45) 9 9971 2627.

Acompanhe nossas redes sociais e fique por dentro das novidades  Facebook |  Twitter |  YouTube |  Instagram. Também temos nosso grupo de notícias no  Whatsapp, todo dia atualizado com novas matérias.

Fique por dentro de todas

Se inscreva e receba as melhores notícias do Correio do Povo direto no seu e-mail