Programa Casa Verde e amarela ultrapassa mil inscritos em Laranjeiras

Para o diretor de habitação, Dionatan Kovalski Chaves, não é apenas construir casas mas sim realizar sonhos

A prefeitura de Laranjeiras tem trabalhado fortemente nas ações voltadas aos projetos de construção de Casas Populares no município.

Nos últimos meses, um grande passo foi dado. Através de licitação por chamada pública, uma empresa foi contratada para orientar, projetar e construir os imóveis.
O secretário de Obras e Urbanismo, Leoni Luiz Meletti, o ‘Tilim’, conta que o projeto passou por um processo lento por anos, então segundo ele, foi feita uma licitação e a empresa vencedora já realizou todos os projetos nos terrenos da Fazenda Modelo e do loteamento Pioneiro, que seguiram para apresentação ao Governo do Estado. “O programa Casa Verde e Amarela do Governo Federal, garante um montante que será repassado para o Estado e assim o proprietário realizará o sonho da casa própria”.

Conforme o secretário, o prazo para liberação depende do Governo do Estado. “A expectativa é que aconteça logo, então continuaremos aguardando o parecer das entidades estaduais”.

Construir sonhos

Para o diretor de habitação, Dionatan Kovalski Chaves, não é apenas construir casas mas sim sonhos. “Isso é muito importante, quem não sonha em ter sua casa própria”.

O diretor explica, que o primeiro passo para poder participar do programa é fazer a inscrição. O egundo passo será com a Caixa Econômica Federal, que analisará o histórico financeiro do candidato por meio do CPF e Serasa. Outra condição é que não pode ter casa própria e nem terreno. “Se não tiver restrições o candidato está apto ao programa”, diz Dionatan.

Ele explica ainda, que cabe à prefeitura fazer as inscrições dos candidatos, sendo que o atendimento está sendo feito em anexo a secretaria de Obras e Urbanismo, que fica em frente a Casa da Memória. “Já passamos de mil inscritos e a empresa contratada para fazer a parte de engenharia e projetos já encaminhou para a Caixa. Agora é aguardar os governos federal e estadual, para então dar início a terraplanagem dos terrenos e a construção das casas”.

“O secretário Tilim e o prefeito Berto Silva estão contentes com o resultado que temos até o momento, cuidar com carinho da nossa gente é o que sabemos fazer de melhor”.

Mudanças

O conjunto habitacional dos idosos que seria construído no antigo Viveiro, segundo Tilim, será distribuído em um novo local, pois agora, as Casas Populares serão trazidas para esse terreno. “O conjunto Sub 50 será remanejado para o terreno da antiga Associação dos Servidores Públicos Municipais (ASPM), repartindo com uma creche nova, ou seja, uma metade será do Conjunto Habitacional dos Idosos, e a outra da creche”.
Este projeto também está sendo cuidado pela Cohapar e a expectativa, conforme o secretário, é que o governador libere antes do período eleitoral.

Marquinho: Juninho assina ordem de serviço para construção 30 casas populares…

Marquinho: Juninho assina ordem de serviço para construção 30 casas populares…

Marquinho: Juninho assina ordem de serviço para construção 30 casas populares…

 https://www.jcorreiodopovo.com.br/ultimas-noticias/marquinho-juninho-assina-ordem-de-servico-para-construcao-30-casas-populares/

Acompanhe nossas redes sociais e fique por dentro das novidades  Facebook |  Twitter |  YouTube |  Instagram. Também temos nosso grupo de notícias no  Whatsapp, todo dia atualizado com novas matérias.

Fique por dentro de todas

Se inscreva e receba as melhores notícias do Correio do Povo direto no seu e-mail