Esporte

Com título, Toledo é o primeiro clube a garantir vaga na Série D de 2020

Porco do Oeste venceu o Coritiba, nos pênaltis, e conquistou o 1º turno do Campeonato Paranaense
["Porco j\u00e1 tem calend\u00e1rio garantido para 2020"] (Foto: Albari Rosa/Gazeta do Povo)

Uma vitória e múltiplos significados. Assim é o futebol. Na tarde deste domingo (24), o Toledo conquistou o título do 1º turno do  Campeonato Paranaense em cima do Coritiba. A conquista, além de garantir o clube do oeste na decisão geral da competição, leva a equipe à pataramares distintos. 

O primeiro, é o desempenho no próprio estadual. Nas 10 participações anteriores, o melhor resultado havia sido o 3º lugar, em 2008. Em 2019, a equipe irá abocanhar, no mínimo, o vice-campeonato. O resultado de hoje influencia também no calendário da equipe no ano que vem. O Toledo é o primeiro time a garantir vaga no Brasileirão da Série D de 2020. A equipe ainda não disputou nenhuma edição da 'dezona', que fora criada em 2009. A única aparição do clube em competições nacionais foi justamente na Série C de 2008, no ano em que a competição serviria pela última vez de nível mais baixo entre as divisões do Campeonato Brasileiro. 

Paraná ainda terá outros dois representantes na Série D de 2020/Arte: Revista Série Z

 

 

Critérios para participação na Série D

A Série D é composta por 68 clubes. Quatro são oriúndos do rebaixamento na Série C na temporada anterior. As outras 64 vagas são distribuídas para as federações estaduais e o número varia conforme o ranking de estados da CBF. São Paulo tem direito a quatro participantes, por ser o líder. Já Rio de Janeiro, Minas Gerais, Rio Grande do Sul, Paraná, Santa Catarina, Pernambuco, Bahia e Goiás ficam com três vagas cada. Os estados restantes têm direito a dois representantes cada. 

No caso do Paraná, duas vagas são ofertadas pelo Campeonato Paraense. Para consegui-lá, o clube (sem calendário no segundo semestre) precisa ter a melhor ou segunda campanha excluindo os cinco times que já estão nas divisões superiores do Brasileirão (Athletico/PR, Coritiba, Londrina, Operário e Paraná). O último representante sai da Taça FPF Sub-23, disputada no segundo semestre entre os clubes da Primeira e Segunda Divisão do estadual. 

A Série D oferece quatro vagas de acesso à Série C do ano seguinte.