Região

Espigão Alto: Município assina convênio de mais de R$209 mil para Microbacias

Na manhã de segunda-feira dia (18), o prefeito de Espigão Alto do Iguaçu, Hilário Czechowski, juntamente com toda sua equipe de governo, secretários e vereadores, teve a honra de receber em seu gabinete o chefe do Escritório Regional da SEAB, Valdemir Alves Almeida, o chefe da EMATER de Laranjeiras do Sul, Deomar Fracasso.

Além do representante do deputado Paulo Litro, participou do evento o secretário de Agricultura Adilson Cecatto e engenheiro agrônomo da Emater local Alcindo Penso, no objetivo da assinatura do convênio para o Programa de Conservação de Solo e Água em Microbacias.


CONVÊNIO

De acordo com o prefeito Hilario Czechowski, a celebração desse convênio vem de encontro com o fortalecimento da preservação do solo e do meio ambiente, cultivando as estradas rurais. O programa irá favorecer os agricultores que pertencem a microbacias do Rio Campo Novo, ajudando assim a melhorar a produtividade da nossa região, destacou Czechowski.


Para o chefe da Emater de Laranjeiras do Sul, Deomar Fracasso, o Instituto Emater realizou nos últimos 90 dias um plano de ação para avaliar a potencialidade de cada produtor.

A área, já vem recebendo atenção do município, através de reuniões que já foram realizadas para discutir, junto aos 30 proprietários da região, as medidas e práticas necessárias para proporcionar melhorias ambientais na microbacia, informa Fracasso. 


"Entre as práticas de conservação já definidas estão, terraceamento mecânico, construção de cercas para proteção de mananciais, calcário, cerca nas margens dos córregos e proteção de nascentes, finaliza Fracasso.


SOLO

Já o chefe do Escritório Regional da SEAB, Valdemir Alves Almeida, ressalta a riqueza do solo de Espigão Alto do Iguaçu. A tônica principal deste projeto é a conservação de solo e água. O solo do Município se configura como uma das maiores riquezas do município, sua agricultura é destaque em toda a região, por isso a importância de se cuidar, complementa Almeida.

O Programa é uma iniciativa do Governo do Estado, coordenado pela Secretaria de Estado da Agricultura e do Abastecimento (SEAB), onde o objetivo é recuperar e manter a capacidade produtiva dos recursos naturais existentes, com base na gestão de microbacias hidrográficas.