Rapha Jakob: um exemplo de superação e amor à vida

Saúde

O cabeleireiro laranjeirense descobriu no final de setembro deste ano que estava com câncer, e desde então, vem lutando firmemente contra a doença

  • Compartilhe Essa Notícia
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter
Rapha veste a camisa Novembro Azul e defende a ideia de de exames preventivos
Rapha veste a camisa Novembro Azul e defende a ideia de de exames preventivos

Existem pessoas que nunca parecem estar bem, uma vez que jamais passam um dia sem enxergar problemas pela frente. Se estão em férias, sentem-se entediadas; se estão trabalhando, vivem cansadas; se estão viajando, reclamam do hotel; se estão bem de saúde, alguma preocupação perturba.

Ao contrário dessas pessoas, o cabeleireiro laranjeirense Rapha Jakob que descobriu no final de setembro deste ano que estava com Linfoma, não se abalou com a notícia e está em processo de tratamento. Rapha explica que essa doença dá nas regiões linfáticas do corpo, e no caso dele, o diagnóstico foi rápido impedindo assim, um progresso da doença. De acordo com ele, o Linfoma é um câncer que se divide em mais de 100 tipos da doenças e o mais difícil de diagnosticar justamente por se dividir.

LINFOMA

Linfoma é um câncer que tem origem no sistema linfático, uma rede complexa de tubos (vasos linfáticos), nódulos (ou linfonodos) e outros órgãos, que é responsável pelo transporte de linfócitos (glóbulos brancos), entre outras substancias, através dos vasos linfáticos, para todas as partes do corpo. A doença se desenvolve nos linfonodos, encontrados em várias partes do corpo, principalmente na axila, no pescoço e na virilha.

Na maioria dos casos, a causa do linfoma não é conhecida. Seu início pode ser resultado de mudanças nos genes de linfócitos. Essa alteração nos genes poderia interferir na divisão ou morte celular. O surgimento do linfoma também pode estar relacionado a alguns tipos de infecções virais ou bacterianas, que afetam o sistema imunológico. Como os demais tipos de câncer, o linfoma não é contagioso.

DESCOBERTA

Rapha conta que os primeiros sintomas da doença foi muita febre de seis em seis horas chegando até 40 graus; perda de peso, onde chegou a emagrecer quatro kilos em uma semana; suor gelado durante o dia e dor na lombar. Em uma semana Rapha foi consultar pensando que poderia ser uma crise renal, tendo em vista que no passado já teve essa infecção. Com os exames, deu uma alteração para infecção e aí começou o processo de exames mais detalhados. Na volta para reconsulta, Rapha já ficou internado pois o quadro infeccioso deu bem alterado e neste processo, ele ficou 16 dias no hospital.

 TRATAMENTO

 Ele conta que de imediato já foi inciado as sessões de quimioterapia, e faz esse procedimento de 15 em 15 dias e a partir da 5º sessão, já no próximo ano, será repetido todos os exames para ver qual foi a regressão da doença para que seja alterado ou mantido esse plano de tratamento.

Rapha destaca que para cada tipo de câncer existe um tratamento específico e este que ele está usando não vai cair o cabelo, barba e sobrancelha.

MENSAGEM

Ele menciona a questão da Campanha Novembro Azul onde solicita que os homens cuidem da saúde, que façam exames preventivos pois é muito melhor do que o procedimento de quimioterapia.

“Os homens devem ter a consciência dos cuidados com a saúde, pois psicologicamente falando, é muito pior tratar uma doença do que prevenir para que ela não ocorra”, solicita Rapha.

Ele ainda destaca sobre a questão da automedicação. “As pessoas acham que algum remédio é bom para algum sintoma e as vezes aquilo que você está sentindo não é nem aquilo que você imagina. Sempre procure um médico, ele vai te dar a medicação correta. Quebrem o preconceito e se cuidem”, aconselha.

 TRABALHO

Rapha é cabeleireiro conceituado de Laranjeiras do Sul e conta que quando foi para Curitiba, não imaginava que ficaria 40 dias lá, mas seus clientes entenderam a questão. Agora já tem quase uma semana que ele voltou para as atividades normais de trabalho e tem um pouco de restrição devido ao sistema imunológico. Nas sextas-feiras a cada 15 dia ele realiza as quimioterapias em Curitiba, porém durante os outros dias está com atendimento normal no seu Salão.

  • Compartilhe Essa Notícia
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter