Região: Presos libertam refém e encerram rebelião na Cadeia

Notícias Policiais

Motim foi encerrado por volta das 21h30 de quarta-feira (6), segundo a PM.

  • Compartilhe Essa Notícia
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter
Divulgação
Divulgação

Presos da cadeia pública de Telêmaco Borba, na região dos Campos Gerais do Paraná, libertaram o agente carcerário refém e encerraram a rebelião por volta das 21h30 de quarta-feira (6). O motim havia começado no mesmo dia.

A informação do fim da rebelião foi confirmada pela Polícia Militar (PM) na manhã desta quinta (7). Segundo a PM, o agente carcerário foi liberado com algumas escoriações, encaminhado ao hospital para atendimento médico e liberado logo em seguida.

Uma revista geral foi realizada no local; os presos foram reconduzidos às celas. Não houve fugas e nenhum preso ficou ferido, conforme a PM.
 

A rebelião
 
O motim começou após uma operação bate-grade realizada pela PM. Segundo a polícia, os presos se revoltaram com a revista.

O Batalhão de Operações Especiais (Bope) foi acionado pela polícia para negociar com os detentos. Os policiais se deslocaram de Curitiba para a cidade. Um promotor de Justiça de Telêmaco Borba também foi até o local.

A área da cadeia foi isolada pela PM.

Em nota, o Departamento Penitenciário do Paraná (Depen) informou na quarta-feira que o agente de cadeia foi feito refém por volta das 13h30 quando retirava um dos detentos da cela para participar de uma audiência.

A cadeia, que foi construída para abrigar 169 presos, estava com 237 detentos no momento da rebelião, de acordo com o Depen.

  • Compartilhe Essa Notícia
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter