Responsivo

Nova Laranjeiras intensifica combate à dengue com uso de fumacê

A estratégia inclui a realização da medida todos os dias, iniciando às 5 horas da manhã, visando pontos críticos identificados pela presença do mosquito e casos positivos da doença

Durante toda a semana, a cidade de Nova Laranjeiras tem sido alvo de operações de combate à dengue. A equipe de endemias tem percorrido as ruas utilizando o ‘fumacê’, uma arma no combate ao mosquito transmissor da doença. Além disso, várias coletas foram realizadas para conter o avanço da doença, que apresenta um aumento preocupante nos últimos dias.

Fumacê

A estratégia utilizada durante os períodos de epidemia para reduzir a proliferação do mosquito Aedes aegypti e reduzir a transmissão de doenças causadas por esse mosquito, como dengue, Zika ou Chikungunya.

Essa técnica consiste em passar com um pulverizador que emite uma ‘nuvem’ de fumaça com baixas doses de um agrotóxico que elimina a maior parte dos mosquitos adultos presentes na região, e embora não seja a forma mais segura de eliminar mosquitos, é bastante rápida, fácil e eficaz.

Geralmente, a dose usada em uma aplicação é segura para a saúde humana, no entanto, se a aplicação for muito frequente o agrotóxico pode ir se acumulando no corpo, causando alguns danos no sistema nervoso.

Trabalho diferenciado e estratégico

A secretária de saúde, Raquel Mufatto, destacou a abordagem diferenciada adotada pelo município no enfrentamento da dengue. Segundo ela, a estratégia inclui a realização do ‘fumacê’ todos os dias, iniciando às 5 horas da manhã, visando pontos críticos identificados pela presença do mosquito e casos positivos da doença. “Essa abordagem direcionada é fundamental para conter o avanço do vírus”.

Ações de conscientização

Além do uso do ‘fumacê’, a secretaria de Saúde tem promovido mutirões de limpeza e conscientização em toda a cidade. Raquel destacou a importância dessas ações. “Realizamos visitas em todas as residências, fornecendo orientações e notificações. As famílias foram alertadas sobre a necessidade de adequar seus espaços conforme a lei municipal, com prazo estipulado para evitar multas”.

Novo mutirão

A secretária também anunciou um novo mutirão agendado para hoje (16), focado nas áreas públicas do município. “Estaremos atuando em lotes municipais, espaços físicos e prédios públicos, buscando eliminar possíveis criadouros do mosquito”, acrescentou.

Resultados preliminares

Desde o início do ano, Nova Laranjeiras já realizou mais de três mutirões de combate à dengue, obtendo resultados expressivos. O último mutirão, realizado em 29 de fevereiro, resultou na coleta de mais de 11 toneladas de lixo em um único dia.

Desafios futuros

Apesar dos esforços, o combate à dengue ainda enfrenta desafios. A população é convocada a colaborar, seguindo as orientações de limpeza e eliminação de possíveis criadouros do mosquito em suas residências. “Cada um de nós tem um papel fundamental nessa luta. É importante que todos estejam engajados para proteger nossa cidade e nossa saúde”, ressaltou Raquel.