Romanelli defende políticas afirmativas contra o preconceito e o racismo

“O caminho para o fim do racismo, e para a construção de uma sociedade mais justa, passa pela educação, pela disseminação dos bons ensinamentos e do amor ao próximo”, disse Romanelli

O deputado Luiz Claudio Romanelli (PSD), defendeu nesta segunda-feira (02), as ações de políticas afirmativas e a unidade da sociedade no combate ao preconceito e ao racismo. “O racismo é uma ferida exposta, dolorida, que a humanidade ainda precisa curar. Não se trata apenas de amenizar os efeitos desta chaga, é dever eliminá-la do nosso convívio. É preciso de políticas afirmativas para superar tamanha afronta”, disse.

As políticas de ações afirmativas são medidas amparadas na lei para estabelecer critérios, reconhecer as diferenças entre os grupos sociais, e diminuir as desigualdades históricas das populações negras e indígenas. “Somos todos absolutamente iguais, independente da origem. Não podemos cogitar que há superioridade por causa da cor da pele. O caminho para o fim do racismo, e para a construção de uma sociedade mais justa, passa pela educação, pela disseminação dos bons ensinamentos e do amor ao próximo”, disse Romanelli.

O deputado ainda citou um ensinamento de Nelson Mandela. “Ninguém nasce odiando outra pessoa pela cor de sua pele, por sua origem ou ainda por sua religião. Para odiar, as pessoas precisam aprender, e se podem aprender a odiar, elas podem ser ensinadas a amar”.

Igualdade Racial

A pedido de Romanelli, a sessão plenária foi marcada por uma apresentação do II Plano de Promoção da Igualdade Racial do Estado. A exposição foi feita por Saul Dorval da Silva, presidente do Conselho Estadual de Promoção da Igualdade Racial do Paraná.

“Esse plano é para combater o preconceito e o racismo”, ressaltou. Saul Dorval explicou que o trabalho de enfrentamento à discriminação envolve diversas secretarias estaduais e organizações da sociedade. “A grande tarefa para acabar com o racismo é a educação. A sociedade precisa precisa ir além do combate ao racismo, tem que demonstrar que é antirracista”, disse.

Acompanhe nossas redes sociais e fique por dentro das novidades  Facebook |  Twitter |  YouTube |  Instagram. Também temos nosso grupo de notícias no  Whatsapp, todo dia atualizado com novas matérias.

Fique por dentro de todas

Se inscreva e receba as melhores notícias do Correio do Povo direto no seu e-mail