Responsivo

Operação policial resulta na prisão de quatro traficantes em Quedas e Espigão

Ação coordenada entre polícias civis e forças táticas resulta na detenção de suspeitos de tráfico de drogas em operação desencadeada após retomada de atividades criminosas

Na tarde da última sexta-feira (1), equipes da Delegacia de Polícia de Quedas do Iguaçu, com o suporte da Força Tarefa da PCPR e apoio da Força Integrada de Combate ao Crime Organizado (FICCO/PR), realizaram a prisão de quatro indivíduos suspeitos de envolvimento com o tráfico de drogas nas cidades de Quedas do Iguaçu e Espigão Alto do Iguaçu.

Operação Pacificare
As investigações tiveram início após a Operação Pacificare, realizada em 6 de fevereiro de 2024, quando um ponto de tráfico de drogas alvo da operação voltou a operar. Isso motivou a realização de diligências e vigilâncias no local, identificado como um apartamento no centro da cidade, às margens da rodovia.
Além das ações em Quedas do Iguaçu, mandados foram cumpridos em Espigão Alto do Iguaçu, onde um indivíduo anteriormente detido durante a Operação ‘Pacificare’ começou a articular atividades criminosas, visando assumir pontos de tráfico em ambas as cidades. A prisão desse suspeito levou à identificação do proprietário da droga apreendida anteriormente, resultando em um pedido de prisão preventiva e sua detenção em Espigão Alto do Iguaçu.

presos
No total, foram cumpridos quatro mandados judiciais, resultando na prisão de quatro pessoas por tráfico de drogas. Durante a operação, uma quantidade significativa de entorpecentes e dinheiro foi apreendida no ponto de tráfico localizado no centro de Quedas do Iguaçu. Três dos suspeitos foram presos em flagrante, sendo que um deles, além do flagrante, também foi detido preventivamente em decorrência das investigações conduzidas pela Polícia Civil.
Após as prisões, os suspeitos foram conduzidos à Delegacia para os procedimentos legais. Posteriormente, foram encaminhados à Cadeia Pública de Quedas do Iguaçu, onde permanecem à disposição da Justiça.