Quedas do Iguaçu: José Carlos Marcon assume presidência da Aciqi em 2021

Associado desde 2007 pela empresa Loja Marcon, o novo presidente traz experiência direta com o comércio para administrar a entidade.

Eleito em chapa única na eleição de dezembro, José Carlos Marcon (Carlinhos) assumirá a gestão 2021-2022 da Associação Comercial e Industrial de Quedas do Iguaçu (Aciqi) a partir do dia 1º de janeiro com a missão de ter uma gestão democrática.
No último dia (10) de dezembro no auditório da associação, a Assembleia Geral Ordinária para eleição da Diretoria Executiva e Conselho Fiscal da Aciqi. A diretoria eleita para assumir a gestão 2021-2022 toma posse a partir de 1° de janeiro, a solenidade festiva ainda não tem sua data definida devido a questão da pandemia.
O presidente da nova gestão, José Carlos Marcon, declara que terá uma gestão democrática. “Recebo um grande desafio no ano de 2021, que é estar à frente da ACIQI nos próximos dois anos, mas assumo com tranquilidade por que é uma entidade construída por muitas mãos, por diretorias, colaboradores e associados que construíram e constroem um legado empresarial ajudando a desenvolver nosso município”.
Ele diz ainda que é um grande orgulho presidir uma associação comercial com tanta história, e com a grande responsabilidade de dar continuidade ao trabalho do Presidente Rodrigo Guzzo.
“Minha diretoria e eu estamos afinados no compromisso de fazer o melhor pela Aciqi e pelo seu quadro associado. Que cada associado encontre na Aciqi a casa que acolhe, o ambiente para acessar novidades, e também, refletir sobre o seu negócio. Em meio a uma pandemia muito já foi feito e muito a se fazer, mas com a ajuda de todos tenho certeza que o futuro nos reserva grandes vitórias”declarou Marcon.


Gestão 2018-2020

Rodrigo Guzzo, presidiu a Aciqi na gestão 2018-2020, em uma avaliação de sua gestão, ele diz que mesmo deixando a presidencia, estará à disposição da nova gestão como presidente do Conselho Superior. “Deixo meus agradecimentos durante esses quase três anos, a frente da entidade que mais tem força e representa o nosso município, sabemos que essa força foi construída ao longo de muitos anos, pela união de empresários e essa união vem se refletindo na continuidade das diretorias, uma após a outra, isso é sinal que o trabalho vendo sendo feio, pela aprovação que a entidade recebe”, 

“Deixo a presidência em um momento complicado porque nós esperávamos fazer muito mais neste ano, em virtude dos fatores decorrentes da covid não foi possível, porém, a nossa gestão saí com o dever cumprido por tudo que já conquistou, eu lembro que quando a diretoria assumiu em 2018 começou a greve dos caminhões, a entidade teve  um peso grande em Quedas, conseguimos unir empresários a população em apoio à greve até que ela pegou um novo rumo”, completa Guzzo.