Reserva do Iguaçu: regularizada pendência fundiária em convênio junto a FUNASA

O dinheiro que seria tirado dos cofres serão investidos nas demandas do município

O prefeito, Vitório Antunes de Paula, recebeu na segunda-feira (31) um ofício do Sr. Adriano Breve Coral, Superintendente Estadual da Fundação Nacional de Saúde (FUNASA), informando que o município conseguiu comprovar a posse regular sobre a parte do imóvel em que se localiza o poço artesiano de um convênio realizado no ano de 2008.

A pendência junto ao Órgão Federal já durava 14 anos, e apesar da conclusão da obra, o município não conseguia provar a propriedade do imóvel onde a mesma está localizada.

Em conversa com o Jornal Correio, Suzana Andria, secretária de Planejamento do município, ressalta sobre a não devolução de dinheiro que sairia dos cofres públicos. “A sensação é de dever cumprido. A pendência se estendeu por anos e as duas gestões anteriores não conseguiram resolvê-la. O empenho buscando resolver o problema finalmente aconteceu.”

Dinheiro que fica

A regularização evitou que o valor de mais de R$ 413 mil fosse devolvido a fundação, visto que anteriormente a prestação de contas do convênio tinha sido reprovada.O prefeito espera resolver mais duas pendências fundiárias dos anos de 2009 e 2008 junto ao Órgão que se não forem resolvidas podem resultar na devolução de mais de R$ 700 mil
A administração agradece o empenho e dedicação dos servidores e técnicos que não mediram esforços para que a pendência fosse resolvida.

Acompanhe nossas redes sociais e fique por dentro das novidades  Facebook |  Twitter |  YouTube |  Instagram. Também temos nosso grupo de notícias no  Whatsapp, todo dia atualizado com novas matérias.

Fique por dentro de todas

Se inscreva e receba as melhores notícias do Correio do Povo direto no seu e-mail