Cuidado com a casa: quando a limpeza profissional torna-se indispensável?

Por Estadão Conteúdo
 

Em maio de 2020, as pessoas em todo o país estavam isoladas, segundo dados disponibilizados pelo Sistema de Monitoramento Inteligente (SIMI-SP). E foi assim, com todos em casa, que o lar foi ressignificado.

Uma pesquisa recente da Associação Brasileira de Comércio Eletrônico (ABComm), em parceria com a Konduto, mostrou que as compras online tiveram um grande “boom”. Ainda assim, o que chama a atenção é outro detalhe.
O registrou de aumento de 23,61% nas vendas foi atribuído apenas ao setor de móveis e itens de decoração. Ainda assim, não são todos que têm acesso a compra de novos itens.
Nesse sentido, a otimização dos móveis que já fazem parte da casa são uma boa saída. Ao menos é o que indica Vinicius Finavaro, sócio-fundador da SP Serviços, empresa especializada em higienização.

Limpeza profissional

Realizar a limpeza dos estofados, sejam eles quais forem, pode trazer muitas vantagens – estas, vão além da economia, embora descartar a aquisição de uma nova mobília já torne a  higienização profissional interessante.

“Recomendamos que a limpeza profunda seja realizada semestralmente. Dessa forma, é possível manter a conservação dos móveis e a qualidade de vida de todos que utilizam o ambiente. Ainda assim, situações atípicas podem pedir a realização do processo”, aponta Vinicius  

Ao contar com a limpeza profissional, é possível eliminar vírus e bactérias; remover manchas profundas; recuperar o estofado e, também, fazer a extinção de maus odores do tecido. Ou seja, são diversas soluções para conservação e manutenção dos móveis.
Para garantir a qualidade da limpeza, a SP Serviços oferece produtos e compostos químicos próprios para realizar a operação com segurança. “Estamos em busca constante para novas tecnologias e processos ainda mais eficazes de limpeza”, finaliza Vinicius.